Tratamento ajuda paranaense a voltar a controlar enfisema pulmonar


  • +A
  • -A

O enfisema pulmonar é uma doença respiratória crônica grave que diminui a elasticidade dos pulmões e promove a destruição dos alvéolos pulmonares. Em geral, aparecem sintomas como tosse, respiração rápida e dificuldade para respirar. Como consequência, o paciente pode apresentar sensação de dor e cansaço.  

Foi o que aconteceu com Ivone de A. H., de 60 anos, que vive em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba (PR). Em 2012 ela foi diagnosticada com enfisema pulmonar nos dois pulmões, depois de começar a se sentir muito cansada e ter emagrecido muito. Em pouco tempo, ela iniciou um tratamento medicamentoso que a ajudou muito no controle dos sintomas.

Tratamento do enfisema pulmonar deve ser feito pela vida toda

Depois de dois anos seguindo o tratamento, Ivone decidiu parar com o uso do remédio por conta do preço do produto. O fato de estar se sentindo bem, sem nenhum tipo de problema, facilitou a decisão de interromper o tratamento. Porém, passado um tempo os sintomas começaram a voltar e logo ela sentiu a necessidade de voltar a usar a medicação.

“O médico disse que o tratamento deveria ser feito a vida toda, mas acabei parando mesmo mesmo assim pela falta de dinheiro e pela melhora do quadro. Voltei a tomar a medicação há cerca de um mês e já me sinto bem melhor. “Só esse remédio mesmo para me fazer sentir assim. Sem ele me sinto muito cansada e com dor. Também faço uso da bombinha, por indicação médica”, explica Ivone.  

Cigarro é a principal causa do enfisema pulmonar

O enfisema pulmonar é ocasionado, na maioria das vezes, pelos efeitos do cigarro ao longo de muitos anos de uso. “A fumaça do cigarro, ao ser inalada, pode lesar a mucosa da língua, cordas vocais e brônquios, causando uma inflamação crônica, muitas vezes irreversível. Mas ao chegar aos alvéolos pulmonares, pode causar o enfisema”, completa o pneumologista Ciro Kirchenchtejn.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Ciro Kirchenchtejn

Dr. Ciro Kirchenchtejn

Pneumologia

CRM: 50579 / SP

TAGS
cigarro
dpoc
respiracao
superacao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

8 comentários para "Tratamento ajuda paranaense a voltar a controlar enfisema pulmonar"

Rodolfo Pinheiro

Qual o tratamento feito pela paranaense, para ela controlar o enfisema, pois vivo tomando prednisona , e quando paro de tomar cinco dias depois vem a falta de ar e o cansaço. Tomo varios broncos dilatadores, no fim do ano de 2017 fui internado trez vezes. gostaria muito de ter mais um pouco de conforto como a paranaense.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Rodolfo, o tratamento é individualizado; após uma consulta com o médico especialista ele poderá prescrever o tratamento ideal para você. Abraços.

CLAIRDES HELENA BATISTA

TENHO ENFISEMA E JÁ ESTA BEM AVANÇADA E NÃO CONSIGO PARAR DE FUMAR.PRECISO DE UMA ORIENTAÇÃO.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Clairdes, segue o link de uma de nossas matérias com informações para você:
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/asma-e-bronquite/qual-melhor-forma-largar-cigarro
Abraços.

José Teixeira Gomes

Tenho enfisema quando fico resfriado com muita secreção sai um pouco de sangue o meu médico disse que é normal, devido a doença tenho duvidas.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi José, segue o link de uma de nossas matérias com informações para você:
https://cuidadospelavida.com.br/cuidados-e-bem-estar/gripe-e-resfriado/tosse-com-sangue-sinal-doenca-grave
Lembrando que isso não te isenta de comparecer em uma consulta com o médico para obter maiores orientações. Abraços.

jose Manuel Leandro

foi detectado a 20 anos um enfisema pulmonar não fumo a 20 anos, mas fumei 30 anos, tomo um inalador de pópara inalação brimica genuair 340/12 microgramas — e outro pulmicort 400 microgramas, mas cada vez tenho mais cansaço e falta de ar, gostava de experimentar outro tratamento a ver se melhorava acham de deveria fazer gostava do vosso conselho, se possível gostava ter uma resposta . obrigado – Jose Manuel

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, José Manuel. O enfisema pulmonar é ocasionado, na maioria das vezes, pelos efeitos do cigarro ao longo de muitos anos de uso. No seu caso que já parou de fumar, orientamos que tente não se expor á fumaça do cigarro, ou seja não fique em locais que há fumantes. Muitos medicamentos aliviam a sensação de falta de ar, e associados a um programa de reabilitação, permite ao portador de enfisema a retomar suas atividades normais. Orientamos que fale com seu pneumologista, para verificar a possibilidade de da início á outro tratamento. Desejamos sucesso no tratamento e recuperação!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.