Pessoas com rinite alérgica podem ter gatos ou cachorros em casa?

  • +A
  • -A

O termo rinite se refere ao processo inflamatório que acontece no tecido que reveste as fossas nasais. Os sintomas mais comuns são a congestão nasal, a coriza e os espirros. Quem sofre com a doença deve evitar os chamados alérgenos, substâncias capazes de desencadear os sintomas da rinite alérgica. Um exemplo é o pelo de gatos e cachorros.

Pelos de animais devem estar sempre limpos


Os pacientes que receberam o diagnóstico da rinite podem ter cães e gatos em casa. No entanto, é importante ter alguns cuidados para prevenir o aparecimento dos sintomas. “Para evitar as crises causadas por pelos de animais é indicado que se mantenha o ambiente sempre limpo e arejado, além de evitar que os animais permaneçam no quarto e na cama onde a pessoa dorme”, afirma a otorrinolaringologista Renata Souza Curi.

Caso o paciente ainda esteja considerando adotar um animal, escolher um cachorro ou um gato com pelos curtos é uma boa opção. No dia a dia, será necessário evitar beijar ou aproximar o nariz da pelagem do pet e mantê-la sempre curta e limpa, preferencialmente, sem o uso de produtos com cheiros fortes, que também podem causar uma crise de rinite.

Higiene nasal ajuda a evitar crises de rinite


Além das medidas que envolvem diretamente o bicho de estimação, outras
atitudes no dia a dia são importantes para prevenir a rinite alérgica. “A prevenção pode ser feita evitando o contato com irritantes, como pó e fumaça de cigarro”, aconselha a profissional. Também é necessário eliminar mofo e ácaro de casa e deixar tapetes, carpetes, roupas de cama e pelúcias limpos.

De acordo com Dra. Renata, outra medida que ajuda a evitar os sintomas da alergia respiratória é realizar a chamada lavagem ou higiene nasal. Nada mais é que lavar o nariz de forma frequente com soro fisiológico a uma temperatura ambiente para manter a mucosa das narinas limpas, evitando que ocorra uma resposta inflamatória da mucosa contra alérgenos que entram no nariz.

Dra. Renata Souza Curi é otorrinolaringologista, formada pela Faculdade de Medicina de Taubaté (SP) e atende em consultório em São Paulo. CRM-SP: 131439. RQE: 38657 – www.otovita.com.br

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Renata Souza Curi

Dra. Renata Souza Curi

Otorrinolaringologia

CRM: 131439 / SP

TAGS
alergias-respiratorias
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

5 comentários para "Pessoas com rinite alérgica podem ter gatos ou cachorros em casa?"

Arleia da Costa Souza

Se Mater a higiene vai bem.

Simone Aparecida Rodrigues

Gostei das dicas parabéns vou seguir corretamente

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Simone, ficamos felizes que tenha gostado! Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Rita de Cassia Abreu

Tive uma gata vira lata, que dormia no meu peito e fiquei sem usar bombinha 3 anos e 8 meses.Me roubram , depoois de 1 .mes voltei com seretide 50/250Passado uns tempos um amiga deu uma gata para eu não Usar mais a bombinha.Mas ela é virá alta com siamês.Me apeguei a ela.Dorme comigo no meio dás pernas qdo.estou de barriga paŕa cima..e qdo viro ela se encosta entre o peito e a barriga.Agora estoú com DPOC.Não tenho rinite alérgica.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Rita. É possível ter um animal de estimação, desde que com os cuidados básicos, conforme orienta a médica. Desejamos progresso no seu tratamento. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.