Bronquite ou asma: quais são as diferenças nos sintomas?


  • +A
  • -A

A asma e a bronquite crônica são doenças que afetam as vias respiratórias e que, muitas vezes, são confundidas por quem não conhece cada quadro. Ambas as condições são marcadas pela inflamação das vias aéreas, impedindo a passagem do ar para os pulmões. A principal consequência é a falta de ar, mas existem ainda outros sintomas que, em geral, são bem semelhantes.

 

Diferença nos sintomas da asma e da bronquite crônica está na duração

 

“A asma se manifesta com tosse, chiado no peito, falta de ar, dor no peito e os sintomas costumam ser desencadeados em ambientes com poeira, mofo, ácaros, pólen ou odores fortes, como perfumes e produtos químicos”, afirma a pneumologista Luiza Helena Degani Costa. Estes sintomas se repetem nos pacientes com bronquite crônica, geralmente causada pelo tabagismo, assim como a presença de muco, a fadiga e os lábios azulados.

A grande diferença entre os sintomas da asma e da bronquite crônica está na sua duração. Nos casos de asma, os sintomas surgem durante as crises e tendem a desaparecer com o tratamento e o controle da doença. Já a bronquite crônica faz parte de um grupo de doenças chamado de DPOC, doença pulmonar obstrutiva crônica, o que significa que a tosse e a falta de ar são persistentes e progressivas.

 

Como é o tratamento da asma e da bronquite crônica?

 

O tratamento das duas doenças é essencial para manter a qualidade de vida dos pacientes. “Os medicamentos para asma agem reduzindo o processo inflamatório, melhorando o edema da mucosa e diminuindo a secreção brônquica, além de aumentar o calibre da via aérea, aliviando os sintomas”, diz o pneumologista Jaime Ferreira Baetas Junior. A prática de atividades físicas, como a natação, também costuma ajudar.

Já a bronquite crônica é irreversível e seu tratamento tem como objetivo reduzir a progressão da doença. A principal medida que o paciente deverá adotar é parar de fumar ou permanecer longe do fator que causou a doença e que piora os sintomas. Podem ser usados ainda medicamentos broncodilatadores e corticosteroides.

 

 

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Jaime Ferreira Baetas Junior

Dr. Jaime Ferreira Baetas Junior

Pneumologia

CRM: 63007 / SP

Dra. Luiza Helena Degani Costa

Dra. Luiza Helena Degani Costa

Pneumologia

CRM: 139095 / SP

TAGS
asma
bronquite
dpoc
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

29 comentários para "Bronquite ou asma: quais são as diferenças nos sintomas?"

Maria Aparecida

Ha possibilidade da pessoa ter as duas doenças ao mesmo tempo ( bronquite e asma) ?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Maria Aparecida, sim, pois se tratam de doenças diferentes. Abraços.

Rose

Boa noite. Minha filha de 4 aninhos começou sentir muita falta de ar e frequente e também tosse muita a ponto ate de quase vomitar. Levei ao medico e então passou a fazer uso de antibióticos e bombinha tb 4jatos de 4/4horas depois de ter feito raio x de pulmão que nao constatou nem uma lesão pulmonar grave… Terminou o tratamento com antibióticos porem continua com o uso da bombinha com espaçador pois tem muita tosse ainda. Os médicos nao me disseram se é bronquite ou asma ou qualquer outra coisa…. Pergunto devo levar ela num pneumologista?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Rose, caso os sintomas persistam é importante realizar uma consulta com o médico especialista. Abraços.

Celeste coura

Eu tenho dpoc de quando em quando tempo tenho que ir ao médico.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Celeste, converse com o médico que te acompanha, a partir da avaliação ele poderá lhe orientar sobre a periodicidade das consultas. Abraços.

Sara Rezende

Bom dia então tive uma crise com uma tosse muito cumprida na qual não segurava nem o xixi ela durou 3 semanas piorava muito a noise quando deitava o médico me passou 3 anti alérgico a base de corticoide tive problemas com o medicamento tive q parar melhorei mais ainda tusso um pouco podem agora sinto um bolo na garganta subindo e descendo e a saliva fica muito grossa com dificuldade para engolir e respirar às vezes penso q vou perder o fôlego total !!!

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Sara, retorne em consulta com o médico especialista para uma reavaliação. Melhoras.

Damiana

Boa tarde. Muito cedo fui diagnosticada com Bronquite Crônica. Desde os 22 anos, nunca fumei. Isso pode ser um caso hereditário? Pois na família tem vários casos.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Damiana, uma das manifestações da chamada DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica), a bronquite crônica está ligada diretamente aos efeitos que o cigarro provoca ao longo dos anos, mas também está ligado à predisposição genética de cada pessoa. Como informa o Dr. Ramiro Sienra: “Uma vez que um indivíduo teve bronquite na infância e tem recorrência dos sintomas depois dos 20 anos, as chances de conviver com a doença para o resto da vida são muito altas”. Abraços.

Janaína

Obrigado pelo esclarecimento

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Janaína, ficamos felizes que você tenha gostado! Abraços.

Juliana

Sou técnico em enfermagem e aprender maus sobre patologias como asma e bronquite é sempre muito importante para indenfmtificar a patologia pelos sintomas .

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Juliana, nossa intenção é que todos tenham acesso a informação e possam assim cuidar da saúde. Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Juliana

Eu gostaria de saber se realmente eu tenho bronquite asmático sempre eu tenho muita falta de ar etosse..me dar falta de ar principalmente quando eu subo algum morro esses dias eu fui no médico ele falou que eu tava com infequicao ele passou antibióticos inalação e uma bombinha depois que usei o medicamento voltei nele ele falou que o pulmão já não tinha mais nada mais era para mim continuar com a bombinha se o peito começar a xiar gostaria muito que vocês podesse me ajudar. Muito obrigada

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Juliana, é complicado diagnosticá-la apenas com essas informações. É necessário realizar avaliação com o médico especialista para que ele possa realizar o diagnóstico e, caso seja necessário, prescrever um tratamento. Abraços.

Edjane

Tenho muita falta de ar e desconforto respiratório qdo faço esforço ou sinto cheiro forte . Não tenho asma. O q será q tenho.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Edjane, é complicado diagnosticá-la apenas com essas informações. É necessário realizar avaliação com o médico especialista para que ele possa realizar o diagnóstico e, caso seja necessário, prescrever um tratamento. Abraços.

Raquel F G Y Gonzalez

Gostei do esclarecimento !!!

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Raquel, nossa intenção é que todos tenham acesso a informação e possam assim cuidar da saúde. Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Gisleide fernanda cruz fa silva gomes

Meu filho tem 10anos e desde BB sofre com bronquite asmática é muito ruim e muito sofrido acredito q seja hereditário eu tive quando criança meu marido tbm meu pai o pai do meu marido tem tbm.Tem uma idade para as crises melhorar ficar um tempo sem acontecer??

Vilma

Tenho uma tosse seca que piora muito com poeira cheiros etc Ja faz mais de um ano sempre de manhã ou logo que deito as vezes se repete pelo dia Os médicos que passei disseram ser rinite Mais fico em dúvida as vezes sinto falta de ar e um pouco de chiado na garganta Será que é asma ???

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Vilma, uma das doenças respiratórias mais frequentes entre a população, a asma é um problema crônico que torna os brônquios mais sensíveis, facilitando sua inflamação e consequentemente, dificultando a passagem do ar para os pulmões. A doença pode prejudicar gravemente a qualidade de vida e, por isso, é importante agir assim que surgirem os primeiros sintomas das crises. Procure um pneumologista para que diante de exames seja identificado se você tem essa doença ou não, e se for diagnosticado a doença iniciar o tratamento mais adequado para você. Abraços.

Sonia

Ola nunca fumei na minha vida e agora com 42anos fui diagnosticada com bronquinte fiz o tratamento correto e ainda qdo sinto cheiro mt forte da falta de ar o medico disse que não quem fuma que tem ea inflamação nos pulmões

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Sonia, a crise aguda é caracterizada por sintomas que pioram ao longo de horas e de dias e, geralmente, levam as pessoas a procurarem atendimentos de emergência, explica o pneumologista Ramiro Sienra. Esta forma é mais comum e é frequentemente causada por vírus que atingem o sistema respiratório. No entanto, substâncias irritativas, como poeira, fumaça e perfumes, também podem provocar uma crise de bronquite aguda. Continue com o tratamento para que possa amenizar os sintomas da doença. Confira outra matéria sobre esta patologia no link abaixo. Até breve.

https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/asma-e-bronquite/bronquite-causas-sintomas-tratamento

Meirilene Silva

Oi eu tenho uma tosse muito forte sempre aconpanhada com secreção, ultimamente estou sentindo falta de ar. Já fui ao pneumologista mas nunca melhorei desta secreção que me incomoda muito. Obs: eu não fumo

Maria Ruth Gomes de Jesus.

A quase 1 ano estou com um chiado na garganta como Sr fosse bronquite, mas só de madrugada quando estou em repouso, pode ser asma?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Maria, para que seja identificado a causa desse sintoma é muito importante que você busque ajuda de um profissional especializado. O otorrinolaringologista poderá te ajudar com a realização de exames identificando a causa e indicando o tratamento mais adequado para você. Temos mais uma matéria que poderá complementar as informações sobre os cuidados com a garganta, confira clicando no link abaixo. Abraços.

https://cuidadospelavida.com.br/cuidados-e-bem-estar/gripe-e-resfriado/dor-de-garganta-problema-serio

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.