Ansiedade: como fazer para controlar as preocupações diárias?


  • +A
  • -A

As responsabilidades e afazeres diários trazem preocupação às pessoas, o que pode resultar em ansiedade. Quando se manifesta de forma normal, essa ansiedade é considerada saudável, visto que todos reagem dessa forma ao experimentar situações de pressão, estresse, apreensão. O problema é quando esses problemas do dia a dia levam a um grau de ansiedade mais intenso.  

“A preocupação com os problemas diários é normal e até certo ponto desejada. O que torna ela patológica é quando ocorre sem adequado controle, levando o indivíduo ao sofrimento intenso e incontrolável. É importante identificar se as preocupações saem de uma zona de normalidade, levando o indivíduo a não conseguir se desligar dos problemas ou criar problemas em situações tranquilas”, aponta o psiquiatra Miguel Angelo Boarati.

Ansiedade atrapalha quando a pessoa não consegue relaxar e se divertir


Segundo o especialista,
as situações rotineiras que causam ansiedade podem prejudicar a saúde mental de uma pessoa, principalmente, quando ela passa a não conseguir relaxar e se divertir e quando os problemas se tornam o centro das suas vidas. Tudo ganha uma proporção maior do que deveria, se intensifica.

Quando essas preocupações diárias geram sofrimento, prejuízo de sono, alimentação e relacionamentos, de modo que o indivíduo possa ficar doente, estressado e cansado, deve-se ligar o sinal de alerta. Neste ponto, pode-se dizer que as situações do dia a dia estão potencialmente afetando a saúde mental de uma pessoa”, afirma.

Procurar ajuda médica pode ser essencial para controlar ansiedade


Conforme indica o médico,
quando o paciente não consegue ter controle das suas preocupações é preciso procurar ajuda especializada. “Existem terapias específicas para o tratamento desses quadros que tendem a se cronificar e se intensificar quando não tratados. Em alguns casos, faz-se necessário o tratamento medicamentoso. É necessário passar por avaliação de um psiquiatra ou psicólogo”.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Miguel Angelo Boarati

Dr. Miguel Angelo Boarati

Psiquiatria

CRM: 85105 / SP

TAGS
ansiedade
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

16 comentários para "Ansiedade: como fazer para controlar as preocupações diárias?"

maria regina nacimento

sofro de ansiedade constante

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Maria Regina, procure realizar uma consulta com o médico especialista para que ele prescreva um tratamento que te auxilie. Abraços.

Leandro mai

Eu sofro de ansiedade a 7 anos faço tratamento com o serenata de 50 mg mas quando esta muito auterada minha pressao arterial sobe isso é normal

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Leandro, não temos como esclarecer dúvidas a respeito do tratamento com o medicamento Serenata, pois ele não é fabricado pelos laboratórios Aché e Biosintética. Realize uma consulta com o médico que prescreveu o medicamento, assim ele poderá te orientar a respeito dos seus sintomas. Melhoras.

Fabiana

Bom Dia! Sofro de ansiedade a anos, já fiz todo tipo de tratamento. Últimamente tenho crise de panico também, não sei mais o que fazer. Tomo duas medicações e nada de melhorar.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Fabiana, é importante que você faça um acompanhamento periódico com o médico especialista, assim ele poderá acompanhar sua evolução e realizar as manutenções necessárias no tratamento. Melhoras.

Regina Merino

Creio que minha ansiedade já virou depressão , faço tratamento com psiquiatria.. medicamento exodus… não estou vendo melhora

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Regina, os pacientes cadastrados no medicamento Exodus possuem um benefício a mais, um acompanhamento de enfermeiros 24h via telefone para esclarecimento de dúvidas sobre saúde, doenças e tratamento. Você pode contatá-los através do número 0300 118 1006 para verificar informações e tirar dúvidas a respeito do tratamento com o medicamento Exodus. Abraços.

Francilene

incrivel como o exodus pra mim e água é a mesma coisa, já mudei a posologia 3x e nada…

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Francilene, os pacientes cadastrados no medicamento Exodus possuem um benefício a mais, um acompanhamento de enfermeiros 24h via telefone para esclarecimento de dúvidas sobre saúde, doenças e tratamento. Você pode contatá-los através do número 0300 118 1006 para verificar informações e tirar dúvidas a respeito do tratamento com o medicamento Exodus. Abraços.

BRUNO

sofro de anciedade sinto ate angústia me sinto preso em min,fora tratamento de medicamentos,quais dicas naturais que vocês sujerem para fazer diariamente:?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Bruno, somente o médico é o profissional habilitado para avaliar sua queixa e prescrever o produto adequado. Orientamos a buscar uma unidade de saúde próximo de sua residência. Melhoras.

Neuri

Não sei oque fazer mais já tomei diversos tipos de remédios ainda toma e não melhoro nunca do síndrome do pânico as vezes passo até mal pra andar de ônibus

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Neuri, é importante fazer um acompanhamento periódico com o médico especialista, assim ele poderá ajustar doses e tratamento específico quando for necessário. Melhoras.

Regiane

Eu uso o exodus ha um ano e vi muitas melhoras, faço acompanhamento psicológico e psiquiátrico também, para a ansiedade. Melhorei muito. Não pode desistir do tratamento e sempre informar o profissional que te atende caso não haja melhoras.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Regiane, obrigada por compartilhar seu relato! Parabéns pelo empenho na busca de uma maior qualidade de vida. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.