Influenza: Conheça mais sobre os tipos de vírus da gripe


  • +A
  • -A
Imagem do post Influenza: Conheça mais sobre os tipos de vírus da gripe

A gripe é uma das infecções respiratórias mais comuns do mundo. Causada pelo vírus influenza, a doença pode provocar tosse, espirro, nariz entupido, dores no corpo, na cabeça e no ouvido e pode levar o paciente a um estado febril. Com os devidos cuidados, boa parte das pessoas infectadas se recupera em poucos dias, mas a gripe pode ser mais forte em idosos, crianças e indivíduos com problemas no sistema imunológico.

 

O vírus influenza tipo A é o responsável pela gripe H1N1

 


De acordo com a pneumologista Luiza Helena Degani Costa, os vírus influenza são divididos em dois grandes grupos, A e B. Entre todos os tipos, o A é o que mais está sujeito a mutações e seus subtipos foram os responsáveis pelas grandes epidemias e pandemias registradas até hoje. Entre elas estão as gripes espanhola, aviária e H1N1.

Já o tipo B é mais brando. Gera os sintomas típicos da gripe, como dores e febre, mas raramente provoca hospitalizações. Não sofre muitas variações, mas ainda assim está bastante presente, principalmente durante os meses mais frios. Existe ainda o tipo C, cujos sintomas são muito leves e somem rapidamente. Em diversos casos, pode até mesmo passar despercebido.

 

Os vírus da gripe sofrem mutações constantes

 


“Dentro desses grupos, existem vários tipos de vírus que diferem entre si de acordo com algumas proteínas. São essas diferenças que permitem que uma mesma pessoa pegue gripe várias vezes ao ano, porque a imunidade é específica para cada tipo de vírus”, afirma a especialista. Além disso, como os vírus Influenza frequentemente sofrem mutações genéticas, podem driblar as defesas do organismo humano.

É por isso, que a cada ano, há uma nova vacina disponível para a gripe, desenvolvida para combater as variações mais presentes no mundo naquele momento, de acordo com as regras estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde. A vacina é uma das maneiras mais eficazes para prevenir a gripe, mas medidas como higienizar as mãos, cobrir a boca ao espirrar e tossir e não levar as mãos aos olhos, ao nariz e à boca também são importantes, tanto para evitar o contágio quanto para evitar espalhar a doença, caso você seja portador do vírus.

 

Como é o tratamento para gripe

 


Já o tratamento, segundo Luiza Helena, costuma ser apenas de suporte e inclui repouso, hidratação, tratamento da febre e da dor com medicamentos e compressas frias para abaixar a temperatura. “Idosos acima de 65 anos, gestantes, pacientes com doenças pulmonares ou cardiovasculares crônicas e pacientes com baixa imunidade são candidatos ao uso de remédios específicos contra a gripe, nos primeiros 5 dias do início dos sintomas”, completa a médica.

 

Dra. Luiza Helena Degani Costa é pneumologista formada pela Universidade Federal de São Paulo e preceptora da Residência de Clínica Médica do Hospital Israelita Albert Einstein. CRM-SP: 139095

 

Foto: Shutterstock

TAGS
dor-de-garganta
gripe
respiracao
tosse

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Influenza: Conheça mais sobre os tipos de vírus da gripe"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.