search
    Título

    Você sabia que interromper o tratamento pode prejudicar a saúde das suas unhas?

    Uncategorized

    Por

    As unhas, assim como todas as partes do corpo, estão sujeitas a problemas de saúde e, por isso, merecem atenção. Se suas unhas forem comprometidas por algum motivo e apresentarem maior fragilidade, esse é um sinal da síndrome de unhas frágeis e é importante buscar tratamento especializado. Após iniciá-lo, é vital que os cuidados sejam mantidos para que os resultados positivos se manifestem.    

     

    Tratamento de unhas frágeis pode demorar alguns meses para começar a mostrar resultados

     


    “A interrupção precoce do tratamento para as unhas frágeis pode fazer com que o paciente não perceba mudanças significativas na saúde das unhas, já que
    o tempo médio para a percepção de unhas mais firmes é de aproximadamente 6 meses. O tempo máximo do procedimento costuma ser de um ano”, explica a dermatologista Maria Luiza Ducati.
    Ainda que a interrupção do tratamento aparentemente não piore o problema, é importante seguí-lo à risca, para que ele seja eficaz e se resolva no tempo previsto. “Não se sabe se a interrupção precoce do tratamento prejudica as chances de recuperação caso os cuidados forem retomados. De tomo modo, o ideal é sempre seguir as orientações de tratamento prescritos pelo dermatologista”.  

     

    Importância de identificar as causas da fragilidade nas unhas

     


    O dermatologista é o profissional mais qualificado para indicar o tratamento para a síndrome das unhas frágeis,
    pois esse tratamento deve ser escolhido conforme a causa da afecção. “As causas podem ser: ocupacional/traumática, dermatológica primária ou relacionada a diferentes fatores genéticos ou adquiridos”, afirma Maria.

    Segundo a especialista, é fundamental identificar e afastar o agente causal e utilizar emolientes e agentes fortalecedores (o que deve ser feito de maneira criteriosa e com cautela). “A suplementação de ferro e vitaminas do complexo B, como a  biotina, também pode ser indicada pelo seu dermatologista”, completa.

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes