AchèAchè
    search
    Título

    Uma alimentação com poucos nutrientes pode atrapalhar o tratamento da calvície?

    Uncategorized

    Por

    Por mais que a calvície seja uma doença de causa genética, algumas práticas do dia a dia, como manter uma alimentação saudável, podem contribuir para controlar o problema, sendo parte do tratamento indicado pelo médico especialista. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, não há como evitar totalmente o desenvolvimento da alopecia sem o tratamento adequado. 

    Principais nutrientes para a saúde capilar


    Como a saúde capilar depende muito da ação de diversos nutrientes, uma alimentação balanceada, rica em vitaminas e minerais, pode auxiliar bastante o tratamento contra calvície. Por outro lado, os
    pacientes que se alimentam de forma pouco nutritiva podem encontrar maiores dificuldades enquanto estiverem realizando o tratamento. 

    “Uma alimentação pobre em nutrientes pode atrapalhar o tratamento da calvície. Quanto melhor e mais diversificada for nossa alimentação, mais bonitos podem ser nossos cabelos. Os alimentos têm influência no crescimento, nutrição, queda e perda de pigmento dos fios. Além disso, protegem o bulbo capilar, podem evitar a caspa, dar mais elasticidade e prevenir o ressecamento dos cabelos”, informa a dermatologista Juliana Fonte. 

    Segundo a especialista, os principais nutrientes para a saúde capilar que podem ser encontrados na alimentação são: proteínas, vitaminas A, B, B3, C, ferro, ômega 3, silício, zinco, cobre, magnésio, cálcio e ácido fólico. O uso de suplementos é outra opção para buscar alguns desses nutrientes, mas apenas caso necessário e se houver indicação médica.

    Tratamento medicamentoso contra calvície


    Por mais que a alimentação seja importante nesse contexto, ela é apenas uma medida adjuvante no tratamento. A essência do processo está no uso de medicamento específico para controle da doença. Especificidades como dose a ser aplicada, quantidade de aplicações por dia e duração do tratamento
    devem ser seguidas com rigor, de acordo com o que for estabelecido pelo médico.

     

    Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia:

    https://www.sbd.org.br/dermatologia/cabelo/doencas-e-problemas/alopecia-androgenetica/25/

     

    Foto: Getty Images

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes