AchèAchè
    search
    Título

    Sinais de infarto: Listamos alguns sintomas que você deve ficar ligado.

    Cuidados e Bem-estar

    Por

    Os sintomas do infarto variam de pessoa para pessoa e, inclusive, podem ser diferentes entre homens e mulheres. Náusea, dor no peito e dor no braço esquerdo são apenas alguns exemplos. O cardiologista Gabriel Dotta explica como se manifesta esse problema cardiovascular que, apenas no Brasil, afeta mais de 80 mil pessoas por ano, segundo o Ministério da Saúde.

    Sintomas de infarto podem incluir dor no peito, dor no braço esquerdo e náusea


    O sintoma mais típico do infarto agudo do miocárdio é a dor no peito, a qual aparece com o esforço físico e se irradia para o ombro, mandíbula ou face interna do braço”, aponta o cardiologista Gabriel Dotta. “Contudo, nem todas as pessoas apresentam-se com esses mesmos sintomas”, completa.

    De acordo com o médico, em geral toda sensação de dor, aperto ou mal estar “do queixo até o umbigo” acompanhada de náusea, palidez ou suor frio deve ser avaliada por um especialista. “Caso a dor tenha duração de minutos ou seja aliviada com repouso, você também deve consultar um cardiologista urgentemente para uma avaliação clínica”, recomenda.

    Sinais de infarto podem ocorrer com vários dias de antecedência

    Uma ou até duas semanas antes do infarto, os pacientes podem apresentar enjoo, dor no estômago e mal-estar, sintomas que podem indicar a proximidade de um infarto. No entanto, há casos em que o infarto acontece de maneira abrupta e provoca obstruções muito perigosas. Esse é o chamado infarto fulminante, que mata o paciente na hora ou em até 24 horas depois do episódio, quando os médicos não conseguem reverter o dano causado ao coração.

    Primeiros passos para prevenir um infarto


    O profissional indica que o primeiro passo que você deve seguir logo após o aparecimento desses sinais é
    acionar o serviço médico de urgência ou dirigir-se imediatamente ao hospital mais próximo para avaliação clínica. Quanto mais tempo você demorar para iniciar os cuidados de prevenção de um infarto, maiores os riscos de danos ao músculo do coração.

    A principal forma de você se prevenir de um infarto é manter bons hábitos de vida. “Ter uma dieta saudável, praticar exercício físico de no mínimo 30 minutos 5 vezes na semana e manter-se no peso adequado são recomendações importantes. Além disso, é válido não se expor a fatores de risco ambientais, como bebida alcoólica, tabaco, estresse e sedentarismo, e controlar ou prevenir o aparecimento de fatores de risco, como hipertensão, diabetes e dislipidemia”, conclui o cardiologista.

    Foto: Pixabay

    Fonte do Ministério da Saúde: http://www.brasil.gov.br/noticias/saude/2017/09/cerca-de-300-mil-brasileiros-morrem-de-doencas-cardiovasculares-por-ano

    Newsletter
    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes