Os sintomas de infarto são diferentes entre homens e mulheres?


  • +A
  • -A
Imagem do post Os sintomas de infarto são diferentes entre homens e mulheres?

Hipertensão, diabetes, obesidade e sedentarismo são alguns dos fatores que levam uma pessoa à ocorrência de um infarto do miocárdio. O problema é causado pelo surgimento de um coágulo, em locais da corrente circulatória em que placas de gordura se rompem. Isso reduz ou bloqueia a passagem de sangue.

“Caso o diagnóstico e o tratamento não sejam precoces, haverá prejuízo da função de contração do coração”, alerta a cardiologista Bruna Baptistini. Ela afirma que nos casos de obstrução total do fluxo sanguíneo, o corpo responde com aumento dos batimentos cardíacos, como uma tentativa de compensar a falta de sangue e oxigênio no local acometido.  

Diferença entre homens e mulheres

O infarto não atinge igualmente homens e mulheres. Os sintomas e até mesmo as faixas etárias mais atingidas são diferentes, como explica Bruna: “O pico de incidência costuma ser em homens com mais de 45 anos e mulheres após os 55 anos, no período da menopausa.”

Enquanto os homens se queixam de dores no peito, muitas mulheres não apresentam esse sintoma. “A dor no peito, na maioria das vezes, é intensa, porém pode ser mais amena em algumas pessoas. Certos grupos de pacientes, como mulheres e idosos, podem até não apresentar esse sintoma”, afirma Bruna.

Confusão que pode ser fatal

Os sintomas em casos com mulheres não são tão claros e podem se parecer com outros problemas, como uma indigestão. Elas sentem dores nas costas, queimações, dificuldade para respirar e extremo cansaço. Essa confusão pode atrasar o atendimento médico e o diagnóstico do infarto e é apontada como uma das causas para a maior mortalidade no sexo feminino. Outros sintomas que acometem pessoas que sofrem um infarto são náuseas, vômitos, suor frio, dores na mandíbula e no braço esquerdo.

O atendimento é específico para cada paciente, dependendo da gravidade, e pode variar entre o uso de medicamentos e procedimentos cirúrgicos. Apesar das diferenças de sintomas e incidência, o tratamento para homens e mulheres é o mesmo. Prática de atividades físicas, mudanças nos hábitos alimentares, controle da pressão arterial e dos níveis de colesterol ajudam a prevenir a ocorrência de um infarto.

Dra. Bruna Cristina Baptistini é cardiologista, formada pela Universidade Nove de Julho (Uninove) e atua em São Paulo. CRM-SP: 145229

TAGS
cardiovascular
coracao
infarto

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Os sintomas de infarto são diferentes entre homens e mulheres?"

viviane

tenho todos esses sintomas que está escrito e sou asmática e ultimamente tenho tido uns desmaios como se o meu cérebro perdesse todo ar que tem dentro dele…. Posso estar cardiáca e não sei ?

Cuidados Pela Vida

Olá Viviane, as alterações em nosso organismo podem ser um alerta para qualquer enfermidade, por esse motivo é primordial a consulta com um profissional médico, que após ouvir o relato poderá prever um diagnóstico e medicá-la se for o caso. Abraços

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.