AchèAchè
    search
    Título

    Quem tem pele oleosa necessariamente desenvolve acne?

    Uncategorized

    Por

    A acne é um dos maiores pesadelos dos adolescentes, mas também pode ser vista na pele de adultos. Existem vários fatores associados ao seu surgimento e um dos mais conhecidos é o excesso de oleosidade na pele. No entanto, isso não significa que toda pele oleosa necessariamente terá espinhas. Confira a explicação da dermatologista Christiane Jaccoud. 

    “Pele oleosa não é sinônimo de pele acneica. A oleosidade pode sim ser um dos fatores que predispõem a acne. Mas, dependemos também de outros fatores, como processo inflamatório e presença de bactéria”, afirma a médica. No entanto, vale destacar que boa parte das pessoas com problemas de acne tem excesso de oleosidade na pele. 

    Manter a pele limpa ajuda a evitar surgimento de acne


    Quem tem a pele oleosa deve redobrar os cuidados para evitar o desenvolvimento de acnes, adotando medidas para se prevenir ou controlar esses três fatores. Segundo a especialista, manter uma higiene adequada, por exemplo, é fundamental. A pele deve ser limpa pela manhã e à noite com sabonetes e outros
    produtos indicados para a pele com oleosidade, ajudando a remover impurezas e a maquiagem. 

    Outra atitude importante para evitar o desenvolvimento da acne é o uso do protetor solar livre de óleos. Este produto deve ser aplicado diariamente, mesmo nos dias nublados, e reaplicado com o passar das horas. Além disso, a pele oleosa deve também estar sempre hidratada, o que ajuda a controlar a produção de sebo. 

    Alimentação pode facilitar espinhas na pele oleosa


    Quem já tem a pele oleosa deve prestar atenção a outros fatores capazes de favorecer o aparecimento de espinhas. “A alimentação pode influenciar no surgimento da acne, por meio de
    dietas ricas em carboidratos e açúcares e do consumo exagerado de leite e derivados”, explica Christiane. A médica também alerta para o uso de suplementos com proteínas do leite em sua composição e alguns tipos de medicações, como anabolizantes e corticosteroides. 


    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes