search
Título

Quem tem asma pode ter DPOC também?

Asma e Bronquite
Sintomas

Por

A asma e a DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica) são problemas diferentes, mas apresentam algumas semelhanças: ambas afetam a saúde dos pulmões e de outras estruturas do sistema respiratório e compartilham sintomas, como tosse, falta de ar e chiado no peito. Para complicar ainda mais, uma mesma pessoa pode ser diagnosticada com as duas doenças.

 

Paciente com asma pode ter DPOC ao começar a fumar

 

“A pessoa pode ter histórico de asma, começar a fumar e desenvolver a DPOC ‘por cima’ da asma que já tinha”, afirma o pneumologista e especialista em Medicina do Sono Dr. Franco Martins. Ao contrário da asma, que costuma surgir na infância, a DPOC aparece apenas a partir da idade adulta, já que sua principal causa é o tabagismo.
Nesses casos, a qualidade de vida do portador de asma tende a se agravar. “Apresentar mais doenças é sempre pior na Medicina. Quando juntas, elas pioram os sintomas gravemente, principalmente a falta de ar. O tratamento também se torna menos eficaz, uma vez que o pulmão está mais inflamado que o normal”, destaca o médico.

 

Como é feito o tratamento da asma e da DPOC

 

De acordo com o especialista, ao ser diagnosticado com DPOC, novas abordagens serão aplicadas no tratamento. Para a asma, o melhor tratamento se baseia em mudanças ambientais, eliminando a poeira e o mofo de casa, por exemplo, e no uso de medicamentos, como os corticoides, chegando a uma taxa de sucesso de 90% a 95% dos casos.
Já para a DPOC, parar de fumar é a forma de tratamento mais importante. Para melhorar os sintomas, Martins também recomenda o uso de medicações broncodilatadoras, aliadas da reabilitação pulmonar. Além disso, ambas as doenças necessitam de vacina para gripe e pneumonia regularmente, para evitar possíveis complicações nos pulmões, já fragilizados.

 

 

Foto: Shutterstock

Newsletter
Compartilhamento

Posts relacionados

Converse com um dos nossos atendentes