AchèAchè
    search
    Título

    Quais são os impactos da puberdade precoce para uma criança?

    Uncategorized

    Por

    A puberdade precoce acontece quando a criança desenvolve caracteres sexuais antes da época esperada, ou seja, antes dos 8 anos nas meninas e antes dos 9 nos meninos. Esse problema é causado pelo aumento antecipado na produção dos hormônios sexuais, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Confira quais são os principais impactos da puberdade precoce.  

    Puberdade precoce faz mamas e testículos crescerem antes da hora


    “A puberdade precoce pode
    comprometer a estatura e aumentar o risco de certos tipos de câncer, como mama e ovário”, afirma a endocrinologista pediátrica Fernanda André. Outras mudanças impostas pela condição são o aumento das mamas nas meninas, o aumento dos testículos nos meninos e o surgimento de pelos e odor nas axilas, em ambos os sexos, além de cravos e espinhas. 

    A puberdade precoce também provoca prejuízos psicológicos. “É muito comum que as crianças com o problema sintam vergonha do seu corpo devido ao aparecimento dos caracteres sexuais antes do momento certo, atrapalhando seu convívio com outras crianças”, explica a médica. Esse quadro pode acabar favorecendo o desenvolvimento de transtornos mentais, como ansiedade e depressão

    É possível amenizar os impactos da puberdade precoce


    Em alguns casos, essas mudanças não resultam da puberdade precoce, sendo pequenas
    alterações hormonais que não exigem tratamentos complexos. Mas, diante da suspeita, é importante procurar ajuda médica para fazer o diagnóstico e, caso seja necessário, iniciar o tratamento adequado, o que possibilita evitar ou amenizar os impactos na vida da criança. 

    Segundo Dra. Fernanda, o tratamento depende do tipo de puberdade precoce: “Na forma chamada central, o tratamento é feito com injeções mensais ou trimestrais de um medicamento que faz a puberdade regredir e ‘freia’ o avanço da idade óssea. Quando a puberdade apenas está um pouco antecipada e evoluindo lentamente, em geral, não há necessidade de medicamentos, mas a criança deve ser acompanhada por um especialista”. 


    Dados da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP):
    https://www.sbp.com.br/especiais/pediatria-para-familias/desenvolvimento/puberdade-precoce/

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes