AchèAchè
    search
    Título

    Quais são os fatores que levam homens a desenvolver osteoporose?

    Uncategorized

    Por

    A osteoporose é uma doença que afeta principalmente as mulheres. No entanto, isso não significa que os homens também não estão sujeitos à doença: segundo a Fundação Internacional da Osteoporose (IOF), um a cada cinco homens com mais de 50 anos terá uma fratura óssea por causa da osteoporose. Veja, logo abaixo, os fatores que favorecem o desenvolvimento da doença no corpo masculino. 

    Gota e outras doenças inflamatórias facilitam casos de osteoporose


    Segundo o ortopedista Mário Soares, o alcoolismo e o
    tabagismo são alguns dos principais fatores que levam os homens a ter osteoporose. Mas, não são os únicos. “Uso de corticoides, anticonvulsivantes e imunossupressores, doença pulmonar crônica, fibrose cística, doenças gastrointestinais, espondilite anquilosante, hiperparatireoidismo, artrite reumatoide e gota” também são citados pelo médico. 

    O especialista lembra ainda que homens brancos com mais de 70 anos de idade têm chances maiores de ter osteoporose. Ele destaca também baixo IMC, história materna de fratura ósseas, fraqueza do quadríceps, dor lombar, sedentarismo, uso de inibidores andrógenos, baixa clareza na visão e quedas nos últimos 12 meses como outros exemplos de fatores de risco

    Saiba quais pacientes precisam de maior atenção médica 


    É possível evitar que o corpo masculino desenvolva osteoporose. Para isso, é preciso que o idoso ou o paciente com fatores de risco receba acompanhamento médico. “É preciso ter uma atenção especial ao perfil hormonal desses pacientes, tendo uma ênfase maior nos portadores de alterações prostáticas que requeiram tratamento com
    hormônios masculinos“, afirma Dr. Soares.

    Com algumas exceções, as formas de prevenção indicadas para os homens não são diferentes  daquelas recomendadas para as mulheres. “As divergências se dão no grupo que precisa fazer uso dessas medicações específicas (inibidores androgênicos). Vale ressaltar que as chances de fratura são menores nos homens devido à diferença na taxa de perda óssea ao longo dos anos e no padrão da perda óssea”, conclui o ortopedista. 

     

    Dados da Fundação Internacional da Osteoporose (IOF): https://www.iofbonehealth.org/facts-statistics#category-14

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes