AchèAchè
    search
    Título

    Quais cuidados uma pessoa com calvície deve ter com o couro cabeludo?

    Uncategorized

    Por

    A calvície é uma doença que pode se desenvolver pela influência de diferentes fatores, apesar da herança genética ter maior destaque. Oleosidade, estresse, alimentação pouco nutritiva, sono ruim e doenças de pele são exemplos de problemas que podem facilitar sua manifestação. Diferente da genética, estes demais fatores podem ser prevenidos e controlados, diminuindo os riscos da queda capilar.   

    Cuidados com o couro cabeludo de quem tem calvície


    Quem é calvo e deseja tratar o problema no intuito de impedir a progressão da queda dos fios e estimular o crescimento capilar nas áreas já afetadas, precisa tomar
    cuidado redobrado com o couro cabeludo. “A pessoa com calvície deve ficar atenta às descamações e coceiras que podem surgir na área sem cabelo. Muitas vezes se trata de uma caspa (dermatite seborreica)”, informa a dermatologista Gabriella Albuquerque. 

    Segundo a especialista, as caspas devem ser tratadas com produtos especiais, que são os shampoos antifúngicos específicos para este problema. “É sempre bom lembrar que os fatores sistêmicos como doenças ou deficiências vitamínicas podem acelerar o processo de calvície. Sendo assim, deve-se procurar um dermatologista para investigação e tratamento correto”, orienta a médica. 

    Tratamentos contra a queda intensa de cabelo

    Dentre os inúmeros tratamentos para calvície, o uso de medicamentos com substâncias capazes de estimular o crescimento dos fios nos locais afetados é o mais eficiente e indicado. Não por acaso é o mais buscado por pacientes. Estes remédios podem ser usados, inclusive, para estimular o crescimento da barba nos homens que apresentam pouco volume de pelos faciais ou falhas na barba. 

    Além dos medicamentos, também é importante que o organismo esteja “bem equipado” com nutrientes que ajudam a manter a saúde capilar. Ou seja, ter uma alimentação variada, rica em diversos nutrientes importantes e lançar mão de suplementos, se necessário, são outras formas de ajudar o tratamento e prevenção contra a condição “A reposição oral de suplementos como biotina, selênio, zinco e ferro também possui eficácia clínica comprovada no controle da calvície”, conclui a dermatologista.

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes