search
    Título

    Professora trata osteoartrite e osteoporose para se livrar de dores

    Doenças dos Ossos
    Sintomas

    Por

    Problemas nas articulações e nos ossos podem comprometer bastante a qualidade de vida, deixando simples tarefas do dia a dia muito mais difíceis. Foi o que aconteceu com Maria de Lourdes P., de 56 anos, moradora de Cocal (PI), que começou a sofrer em função das dores provocadas por duas doenças sérias: osteoatrite e osteoporose.

     

    Dor nos ombros e braços atrapalhavam aulas

     

    “Há cerca de três anos faço uso de um medicamento para controle de osteoartrite, em função de dor no joelho, e de um esporão de calcâneo, que me causava uma dor muito forte no pé. Até para pisar no chão era difícil. Como o produto era bem caro, pedi para o médico me indicar outro mais em conta e aí cheguei na medicação que uso hoje em dia. Ambos os remédios foram bons, me ajudando a diminuir a dor”, afirma a professora.   
    Contudo, Maria também possui diagnóstico de osteoporose, o que acarretava em incômodos como dor no ombro e na coluna. “Fui diagnosticada com osteoporose em várias vértebras. A dor no ombro e nos braços, particularmente, atrapalhavam bastante meu trabalho, já que sou professora e escrevo muito no quadro. Com o esforço, minhas articulações inflamavam. Por isso, tomava também anti-inflamatório”, explica.

     

    Redução de peso é essencial para proteger ossos e articulações

     

    A professora conta que seu acompanhamento médico não é tão frequente em função da distância, já que ela mora em uma cidade pequena, longe de peritos especializados. As consultas ocorrem cerca de duas vezes ao ano, apenas. Além disso, revela que seu médico sempre pede para que ela perca peso para ajudar no tratamento, mas que ela não consegue.
    A redução de peso protege, principalmente, as articulações de carga (coluna, quadris, joelhos, tornozelos e pés), diminuindo o esforço na utilização destas articulações. Consequentemente, isso resulta no prolongamento da vida da cartilagem”, explica o ortopedista e traumatologista Maurício de Paiva Raffaelli”.

     

     

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes