search
Título

Por qual motivo as varizes são mais comuns em quem fica de pé durante várias horas por dia?

Uncategorized

Por

O Ministério da Saúde estima que cerca de 70% da população adulta no Brasil sofre com varizes. Resultante da insuficiência venosa, a aparição das varizes é mais recorrente nas pernas e nas mulheres, de acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV).
Embora sejam um problema bastante conhecido, a causa e o tratamento das varizes ainda geram muitas dúvidas. Um dos principais fatores para o desenvolvimento das varizes é o sedentarismo, mas por outro lado, permanecer de pé durante várias horas por dia também é um fator de risco importante. Quer entender o motivo? Continue lendo!

O efeito da gravidade na circulação do sangue


As varizes são consideradas uma questão de saúde pública por estarem diretamente associadas a funções que exigem que o
profissional fique de pé ou sentado durante muitas horas consecutivas. Em um primeiro momento, pode-se pensar que passar muito tempo de pé seja mais positivo, pela lógica do combate ao sedentarismo, mas não é necessariamente o que acontece.
”Um dos fatores que mais acomete as pessoas que passam várias horas em posição de pé (ou sentada) com as pernas para baixo é o aumento da pressão venosa em membros inferiores, devido à própria ação da gravidade”, explica o angiologista Jayme Filho. Por isso, é importante, sempre que possível, mudar de posição e descansar as pernas. 

O que fazer para amenizar as varizes


Não existe uma cura para a insuficiência venosa porque ela é causada por um conjunto de fatores, como obesidade, sedentarismo, traumas repetidos, condições genéticas e condições hereditárias. O tratamento indicado, na verdade, visa o controle das varizes.

Por isso, a consulta com um especialista é indispensável. Principalmente quando se fala de atividades físicas, apenas um médico poderá indicar a frequência e a intensidade desejadas para a prevenção e para o tratamento das varizes.
”Uma das maiores ajudas que podemos dar ao nosso sistema venoso nessas situações é evitar a obesidade (que dificulta a drenagem do sangue venoso nos membros inferiores), manter uma musculatura de panturrilha forte e, principalmente, o uso das meias de compressão, que se tornam fundamentais no processo de prevenção nesses casos”, recomenda o angiologista.

 

Dados do Ministério de Saúde: http://www.blog.saude.gov.br/index.php/servicos/52284-ministerio-da-saude-aprova-nova-tecnica-para-combater-as-varizes-no-sus
Dados da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV): https://www.sbacv.org.br/artigos/medicos/varizes

Newsletter
Compartilhamento

Posts relacionados

Converse com um dos nossos atendentes