AchèAchè
    search
    Título

    Peles mistas, oleosas e acneicas podem se beneficiar com a aplicação do mesmo tipo de dermocosmético?

    Uncategorized

    Por

    Existem hoje diversas opções de dermocosméticos disponíveis, incluindo as versões para os mais variados tipos de pele. Peles mistas, oleosas e acneicas, por exemplo, podem se beneficiar muito com o uso de produtos desenvolvidos especialmente para suas características específicas. Estes três tipos de pele, inclusive, podem ser tratados com o mesmo produto. 

    Uso de dermocosméticos em peles mistas, oleosas e acneicas


    “Tanto as peles mistas,
    quanto as oleosas e acneicas podem se beneficiar do uso dos mesmos dermocosméticos, pois todas apresentam uma produção desregulada de sebo. Ou seja, todas possuem em comum o mesmo fator relevante”, afirma a dermatologista Juliana Fonte. Sendo assim, todas podem apostar em produtos específicos para quem sofre com excesso de oleosidade na pele. 

    As linhas de cosméticos que abrangem peles mistas, oleosas e acneicas contam com ativos poderosos que ajudam no combate aos cravos, espinhas e brilho excessivo, além de oferecerem o equilíbrio ideal para uma pele saudável e livre de oleosidade. “As principais características do produto ideal para esses tipos de peles são: ser livre de óleo, ter controle de oleosidade e ser em base sérum ou aquosa”, informa a especialista.

    Diferenciação entre as peles acneica, oleosa e mista


    Vale destacar que as
    peles oleosa e acneica se associam diretamente, já que o excesso de oleosidade é um dos principais fatores para a manifestação da acne. Mesmo assim, nem toda pele oleosa será acneica, até porque existem outros fatores que facilitam o surgimento de espinhas na pele do rosto e também em outras áreas do corpo. 

    Já a pele mista se caracteriza pelo aumento da oleosidade apenas em uma região específica do rosto, que é a chamada zona T (testa, nariz e queixo).Nas demais partes do rosto a pele mantem um aspecto seco, justificando o termo “mista”. “Além disso, os poros, no geral, são mais alargados apenas nesta zona T e há uma propensão menor para formação de cravos e espinhas, em comparação com a pele totalmente oleosa”, explica a dermatologista Alexandra Bononi. 

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes