AchèAchè
    search
    Título

    Paulistana segue tratamento e consegue vencer a insônia causada pela ansiedade

    Uncategorized

    Por

    Um quadro de insônia pode ser provocado por diversos fatores, como estresse, ansiedade, hábito de dormir em horários irregulares, idade avançada, consumo de cigarro, álcool e café. No caso da doméstica Rosenilde A. P., de 43 anos, a insônia surgiu a partir do momento em que o tratamento que ela fazia para emagrecer começou a dar errado.

    “Eu sempre tive dificuldade para dormir, mas isso se tornou mais acentuado na época em que eu fazia tratamento para emagrecer. O remédio que eu tomava inicialmente era bom, mas depois de alguns meses perdeu o efeito e ainda passou a me deixar ansiosa e mau humorada, o que contribuiu para que a insônia piorasse”, conta Rosenilde.

     

    Medicamentos contra insônia combatem ansiedade

     

    Com isso, a moradora de São Paulo (SP) começou a usar uma medicação específica para o tratamento de insônia, o que vem sendo muito útil em sua vida. “Faço uso de remédio para insônia há mais ou menos um ano. Gosto muito dele, não só pelo efeito, mas também porque não é viciante, não sinto dependência. Com ele eu durmo e acordo bem, sem problema nenhum”, diz.

    De acordo com o Dr. Shigueo Yonekura, especialista em medicina do sono, existem basicamente dois tipos de medicação para tratar insônia, os hipnóticos e os ansiolíticos. “Essas medicações compensam quadros clínicos de ansiedade. Elas devem ser prescritas com critério, pois podem provocar dependência”, informa.

     

    Ausência de remédio evidencia importância de seu efeito

     

    Rosenilde conta que nem sempre consegue a receita para tomar a medicação, então há momentos em que fica sem tomar o remédio e a insônia piora. “Quando eu tomo me sinto realmente bem melhor, a diferença fica evidente”. Além do remédio, ela destaca a profissional que acompanha o seu tratamento. “Gosto bastante da minha endocrinologista. Ela explica tudo direitinho e sempre indica cuidados importantes”.

     

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes