search
    Título

    O uso de produtos químicos no cabelo pode acelerar a calvície?

    Uncategorized

    Por

    A calvície é uma condição marcada pela queda excessiva do cabelo. Apesar de ser bastante comum entre os homens, ainda é um problema pouco tratado e pouco conhecido a fundo pela população, o que acaba contribuindo para a propagação de informações falsas ou não confirmadas pela Medicina, como a que liga o uso de produtos químicos à calvície.
    Segundo a dermatologista Marcela Benez, não há estudos comprovando que o uso de certos produtos químicos no cabelo é capaz de provocar ou de acelerar a calvície. Vale lembrar que um dos principais tipos de calvície é a alopecia androgenética, causada por mudanças hormonais e determinada pela herança genética.

     

    Produtos químicos ressecam o cabelo

     

    No entanto, isso não significa que a ação desses produtos não gera nenhum impacto nos cabelos. “Produtos químicos, principalmente os alisantes, podem ressecar os fios e fazer com que eles se quebrem, dando a impressão de que o fio está caindo”, explica a médica.
    Manter o cabelo hidratado e bem cuidado, especialmente com o uso dos produtos certos, é uma das melhores formas de reduzir os danos causados aos fios. Mesmo quem insistir em fazer escovas progressivas, além de utilizar outras substâncias químicas abrasivas ou secadores de cabelo, vai se beneficiar com a hidratação, já que o processo torna os fios mais resistentes a traumas externos.

     

    Falta de nutrientes na alimentação favorece um dos tipos de calvície

     

    Além da alopecia androgenética, Dra. Marcela cita também outro tipo de calvície, o eflúvio telógeno, que tem causas mais variadas. A condição pode ser influenciada por uma má alimentação, com poucas vitaminas e minerais, excesso de exposição ao sol, doenças hormonais, anemias e a realização de cirurgias.

     

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes