search
    Título

    O tratamento para esquizofrenia pode durar a vida inteira?

    Uncategorized

    Por

    A esquizofrenia é uma doença psiquiátrica causada por alterações cerebrais que desencadeiam delírios e alucinações, desorganizam o pensamento e podem levar o indivíduo a se isolar. Para muitos pacientes, o tratamento da esquizofrenia deverá ser feito por toda a vida, já que apenas um pequeno número de pacientes apresentam uma recuperação completa.

    A maior parte dos pacientes com esquizofrenia se trata por toda a vida


    “A esquizofrenia é uma doença crônica. Mesmo que alguns sintomas melhorem ao longo do tempo, a maioria dos pacientes terá que lidar com a doença pelo resto da vida, tendo momentos de piora dos sintomas e momentos de remissão dos sintomas”, explica o psiquiatra Alexandre Proença.

    O tratamento da esquizofrenia é baseado nas particularidades da cada paciente. Na maioria dos casos, o psiquiatra prescreve o uso de medicações, como as antipsicóticas, e a associação com terapias com diversos tipos de profissionais, como fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais e fisioterapeutas, já que a doença atinge diversas esferas do corpo humano, como a capacidade de se expressar.

    Tratamento da esquizofrenia pode mudar ao longo da vida


    Isso não significa que o tratamento deverá ser o mesmo ao longo dos anos. “Muitos pacientes podem sofrer mudanças no seu tratamento durante o curso da doença. A troca de medicações pode ocorrer em situações de ausência de resposta, intolerância à medicação e efeitos colaterais”, conta o psiquiatra. Até mesmo a dificuldade de tomar a medicação ou de aderir ao tratamento pode provocar mudanças.

    Além disso, a dose do medicamento pode ser diminuída ou aumentada ao longo do tratamento, como afirma Proença: “O objetivo é que o paciente fique com a menor dose eficaz para a remissão dos sintomas. Em situações de agravamento ou reagudização dos sintomas, o aumento da dose terapêutica, a associação de outras medicações e de outras medidas, como a internação psiquiátrica, podem ser úteis”.
    Dr. Alexandre Proença é psiquiatra, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) atende em Niterói e São Gonçalo (RJ). CRM-RJ: 52905674 – www.alexandreproenca.com.br

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes