AchèAchè
    search
    Título

    O tratamento da asma varia de acordo com a gravidade do quadro?

    Uncategorized

    Por

    Independente da gravidade, o tratamento da asma exige sempre o uso de medicamentos específicos para controlar o quadro de modo geral e amenizar os sintomas nos momentos de crise. Porém, a quantidade de medicamento utilizada é diferente em cada situação, sendo compatível com a intensidade da doença. 

    Tratamento medicamentoso contra asma


    “O tratamento contra asma varia de acordo com a gravidade da doença. Os pacientes com asma grave, por exemplo, utilizam uma combinação maior de medicamentos do que aqueles que sofrem com asma mais leve. Neste caso, apenas um medicamento, na maioria das vezes, é suficiente para o controle do quadro”, explica o pneumologista Mauro Gomes.

    Um dos grupos de medicamentos utilizados no tratamento contra asma são chamados de broncodilatadores, justamente porque facilitam a dilatação dos brônquios, estruturas pulmonares fundamentais no processo de respiração. Portanto, quando o paciente está tendo uma crise e não consegue respirar direito, a bombinha de asma contendo broncodilatador se faz crucial

    O uso de corticoides também é frequente no combate à asma. Eles podem ser utilizados por via inalatória, oral, endovenosa ou intramuscular para tratar crises de broncoespasmo ou para ajudar na manutenção do tratamento da asma.

    Outras formas de tratamento e prevenção 


    O paciente asmático também pode
    se beneficiar com outras medidas de tratamento e prevenção da doença, não medicamentosas, como por exemplo: cessar o tabagismo, evitar situações de estresse e contato com os principais alérgenos (poeira, poluição, pólen, ácaro, etc.) e praticar atividade física.

    Por mais que o exercício físico seja importante para o controle da asma, a prática também pode ter o efeito contrário para o paciente. A piora dos sintomas se associa, dentre outras coisas, com a atividade física, especialmente quando esta é realizada de forma intensa. O ideal é que os pacientes optem por modalidades de intensidade leve e que trabalhem, principalmente, a parte respiratória (natação é um bom exemplo).   

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes