search
    Título

    O modo de uso de shampoos anticaspa é o mesmo de produtos comuns?

    Uncategorized

    Por

    A caspa, também conhecida como dermatite seborreica, é um problema dermatológico muito comum e que consiste na descamação do couro cabeludo. Pele seca ou muito oleosa, fatores ambientais e até mesmo uma grande quantidade de glândulas sebáceas podem desencadear o quadro, que tem o uso de shampoos anticaspa como uma das principais formas de tratamento. Descubra as diferenças e similaridades entre shampoos comuns e os indicados para o tratamento da caspa. 

    Modo de uso é igual, mas a frequência não


    De acordo com a dermatologista Juliana Fonte, o que difere os dois tipos de produtos não é o modo de uso, mas a frequência com que são utilizados. “
    O modo de uso dos shampoos anticaspa é igual aos dos outros shampoos. A diferença é que eles não devem ser utilizados diariamente, exceto em casos de crise muito intensa”, comenta a dermatologista. 

    O uso em excesso dos shampoos anticaspa pode, na verdade, prejudicar o cabelo, como explica a médica: “Eles podem ressecar muito os fios ou podem remover em excesso a oleosidade do couro cabeludo e acabar desencadeando uma oleosidade de rebote para compensar, ou seja, fazendo o couro cabeludo produzir ainda mais oleosidade”.

    Shampoos anticaspa ajudam a evitar infecções


    A
    caspa deve ser tratada com os produtos adequados para não evoluir para infecções de pele, já que o couro cabeludo seborreico tem maior propensão a bactérias do que aqueles sem problemas com oleosidade. Por isso, o uso dos shampoos especiais é indispensável. “Ele deve ser aplicado no couro cabeludo, o paciente deve massagear bem, deixar agir por alguns minutos, geralmente, de 3 a 5 minutos, e enxaguar”, recomenda a médica.

    É importante lembrar que, caso não seja tratada, a caspa pode causar também a queda dos fios. Para evitá-la, alguns cuidados diários podem ajudar. Não lavar o cabelo com água muito quente, não “sufocar” os fios (não manter o cabelo sempre preso ou fazer uso excessivo de bonés e chapéus) e  passar cremes e condicionadores apenas no comprimento e nas pontas, evitando a raiz do couro cabeludo, são alguns hábitos que devem ser adotados.

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes