search
    Título

    Lady Gaga fora do Rock in Rio: fibromialgia tirou a cantora do festival. Saiba mais!

    Uncategorized

    Por

    Os fãs que esperavam pelo show da cantora americana Lady Gaga no Rock in Rio foram pegos de surpresa na semana passada com o cancelamento de última hora da apresentação da artista, em função de uma doença chamada fibromialgia. Com a notícia, a síndrome, ainda pouco conhecida, ganhou destaque na imprensa mundial, despertando a curiosidade de muitos. Mas afinal, o que exatamente a fibromialgia provoca?

    Fibromialgia é mais comum em mulheres; subir ao palco poderia ser perigoso


    “A fibromialgia é uma doença musculoesquelética caracterizada por um conjunto de sintomas (por isso que é considerada uma síndrome), cujos principais são dores intensas e generalizadas pelo corpo
    e alterações no sono”, informa a reumatologista Angélica de Carvalho. Segundo a médica, a maioria dos pacientes são mulheres, embora a doença possa ocorrer também em homens e até em crianças.
    Para Dra. Regina Von Kirchenhein, também reumatologista, este é um transtorno do entendimento da dor, no qual não aparecem alterações específicas nos exames laboratoriais. “Neste transtorno há uma maior sensibilidade à dor e, desta forma, qualquer estímulo é ‘entendido’ como dor”. Subir ao palco com todo este incômodo seria, além de penoso, perigoso para a artista.  

    Sintomas e causas da fibromialgia


    É comum o paciente começar a sentir
    dores generalizadas e difusas pelo corpo, sem inflamação das articulações ou deformidades articulares. Às vezes aponta também sensações de formigamento e dores de cabeça. “Pelo fato de não conseguir relaxar a musculatura, há uma queda na qualidade de vida, com indisposição, cansaço e até mesmo estado depressivo”, afirma Angélica.
    Apesar das causas ainda não estarem totalmente esclarecidas, a doença pode ser provocada por alterações na liberação de neurotransmissores (substâncias liberadas pelo sistema nervoso central) que impedem o relaxamento muscular e resultam em maior sensibilidade à dor. Em momentos mais intensos da doença a internação se faz necessária, assim como já aconteceu com Lady Gaga.  

    Tratamento para fibromialgia


    O tratamento da fibromialgia se dá, principalmente, através de exercícios físicos e medicamentos, os quais trabalham para melhorar a dor e a qualidade de vida do paciente. “
    Analgésicos, relaxantes musculares, antidepressivos e anticonvulsivantes podem ser usados para controlar a dor e as doenças associadas à fibromialgia, como depressão e ansiedade”, indica Regina. Exercícios aeróbicos, como caminhada, corrida, natação e hidroginástica, que estimulam a liberação de endorfina, devem ser preferidos.
    Dra. Angélica de Carvalho é reumatologista, formada em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e com residência médica em Reumatologia pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. CRM-SP: 107623
    Foto: reprodução/Instagram (@ladygaga)

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes