AchèAchè
    search
    Título

    Imunidade infantil: quais cuidados devem ser tomados na volta às aulas depois de um feriadão?

    Uncategorized

    Por

    Crianças estão constantemente vulneráveis a infecções, tendo em vista que suas defesas ainda não são completamente desenvolvidas. Em um momento de volta às aulas, após um longo período longe das atividades escolares, o retorno do contato com os coleguinhas costuma representar uma nova onda de infecções. Porém, isso não deve ser tratado com algo grave, pois é normal e até esperado. A imunidade infantil está sujeita a essa dinâmica. 

    Principais cuidados com a imunidade infantil


    Mesmo assim, é importante que os
    pais adotem os cuidados necessários para que os pequenos não sofram com viroses e outros tipos de infecções no período de volta às aulas. As escolas também devem atuar nesse sentido, fazendo o que estiver ao seu alcance. “É fundamental que os pais estejam sempre atentos, observando bastante seus filhos, pois às vezes são nesses momentos de volta às aulas que aparecem as tão temidas viroses”, afirma a pediatra Fabiane Ferreira Durão.

    Portanto, se na véspera da volta às aulas os pais percebem que os filhos estão com sinais de alguma infecção (febre, gripe, tosse, etc.), vale a pena não mandá-los para a escola. Se os professores também perceberem esses sinais nos primeiros momentos após o retorno, também devem indicar o afastamento, conversando com os pais e chegando ao entendimento de que tal atitude é o melhor para a saúde de todos os alunos

    Segundo a especialista, o retorno do contato entre os coleguinhas implica, muitas vezes, em uma “troca de vírus” nova, tendo em vista que eles, provavelmente, estiveram em contato com outras pessoas durante o recesso, seja em viagens, passeios, etc. Sendo assim, acaba ocorrendo uma nova onda de disseminação de agentes infecciosos na escola. “É possível que algumas crianças já tenham anticorpos contra os vírus trazidos pelos coleguinhas, mas outras não vão ter e podem vir a adoecer”, conclui a profissional. 

    Cuidados não devem ser excessivos


    A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) aconselha que os
    pais cuidem sempre da imunidade de seus filhos, para que seus organismos não fiquem sobrecarregados, mas sem que isso signifique colocá-los em uma redoma. Afinal de contas, a exposição ao mundo externo também é fundamental para o desenvolvimento e fortalecimento da imunidade, com criação de anticorpos.   

     

    Dados da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP):

    https://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/como-aumentar-a-imunidade-do-bebe/

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes