AchèAchè
    search
    Título

    Existem diferentes tipos de gastrite? Descubra qual é o mais perigoso!

    Saúde Gastrointestinal
    Sintomas

    Por Dr. Stéfano Gonçalves Jorge

    26 de abril de 2023

    Você também sofre com gastrite? De acordo com a Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde, a gastrite é uma inflamação do revestimento da parte interna do estômago e pode ser causada por uma série de fatores, como a infecção pela bactéria Helicobacter pylori, também conhecida como H. pylori. Uma dúvida muito comum sobre o tema é se existem diferentes tipos de gastrite e se haveria algum mais preocupante para a saúde.

    A fim de esclarecer essas questões, o Cuidados Pela Vida entrevistou o gastroenterologista Stéfano Gonçalves, que listou todos os tipos dessa doença e explicou qual é o melhor tratamento para cada um deles. Confira!

    O que é gastrite? Conheça as causas desse problema gástrico

     

    Se você não sabe o que é gastrite ou está na dúvida se os sintomas que está sentindo são comuns nesse quadro, a gente te explica! De acordo com o especialista, a gastrite é uma inflamação da mucosa do estômago que pode ter diferentes causas: “A mais comum é a infecção pela bactéria Helicobacter pylori, mas pode ser motivada por bactérias piogênicas, vírus, micobactérias, sífilis, parasitas e fungos. Outro motivo são as doenças do sistema imunológico, como a gastrite autoimune, sarcoidose, doença de Crohn e gastrite eosinofílica, colágena e linfocítica”, ressaltou o Dr. Stéfano. Para confirmar o quadro e suas causas, é preciso realizar uma endoscopia e uma biópsia. 

    Uma curiosidade que o médico destaca é que existem diferenças entre a gastrite, que é um processo de inflamação, e a gastropatia, que é o dano à mucosa do estômago causado por outras razões: “Ela pode ter os mesmos sintomas que a gastrite e, muitas vezes, os médicos tratam os dois como sinônimos, mas não são! As gastropatias são causadas por agentes externos (anti-inflamatórios, álcool, drogas, outros medicamentos), refluxo de bile, distúrbios vasculares ou doenças sistêmicas (choque, sepse)”.

    Existem tipos de gastrite? Entenda as diferenças entre eles!

     

    Dr. Stéfano explica que existem vários tipos de gastrite e a sua classificação varia de acordo com sua causa. “Se ela é recente (gastrite aguda) ou antiga (gastrite crônica), se está apenas em uma parte do estômago ou em todo o órgão (pangastrite). Depende ainda da aparência na endoscopia – gastrite hemorrágica, se estiver sangrando; gastrite enantematosa, se estiver avermelhada; do tipo erosiva, se tiver pequenas feridas superficiais; e nodular, repleta de pequenas ondulações”, diferenciou o médico. Vale mencionar também a gastrite nervosa, provocada pelo estado emocional ansioso e/ou estressado. 

    No caso da gastrite crônica, é importante observar se há sinais de atrofia (quando a mucosa se degenera). “Essa atrofia pode estar associada com focos de metaplasia intestinal, uma alteração da mucosa do estômago que pode preceder o surgimento de um câncer”, alertou o gastroenterologista. 

    Existem tipos de gastrite mais perigosos?

     

    Na verdade, é importante ter cuidado e atenção com todos os tipos de gastrites citados aqui, já que todos podem provocar sintomas extremamente sérios para a saúde do paciente:  “A gastrite hemorrágica leva à perda de sangue, infecções podem se alastrar para outros órgãos (com exceção do Helicobacter pylori), assim como doenças do sistema imunológico. Qualquer tipo de gastrite, se for intenso o bastante, pode levar à formação de feridas mais profundas (úlceras), que causam sangramento ou perfuração no estômago”. Também é fundamental entender que qualquer gastrite crônica, se não tratada, com o passar do tempo pode levar à atrofia, metaplasia e, pior ainda, ao câncer do estômago.

    Conheça o tratamento para cada tipo de gastrite

     

    Segundo o gastroenterologista, cada tipo de gastrite exige um tratamento diferente: 

    • Infecções por bactérias são tratadas com antibióticos;
    • infecções causadas por vírus, com antivirais;
    • por fungos, com antifúngicos;
    • doenças autoimunes podem ter tratamento específico dependendo do tipo da doença;
    • se for causado por alergia alimentar, com dieta;
    • a inflamação em si pode ser tratada com antiácidos, como hidróxido de alumínio, com medicamentos que recobrem a mucosa e com medicamentos que inibem a produção de ácido pelo estômago.

    Mas, independentemente da causa da gastrite, é importante manter o controle da doença seguindo uma dieta balanceada e adotando hábitos de vida saudáveis!

    Tags
    gastrite
    H. pylori
    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes