search
    Título

    Esquecimento comum ou sintoma de Alzheimer? Como identificar se a perda de memória é sinal da doença?

    Alzheimer
    Sintomas

    Por

    A perda de memória é o primeiro sintoma do Alzheimer, mas muitas vezes pode estar associada a outros quadros, como a depressão, por exemplo. Para saber se este sinal está ligado ao Alzheimer ou não, é preciso identificar como ele se manifesta, pois o esquecimento típico da doença tende a ser mais intenso.
    “A perda de memória normal que acontece com a idade não impede que o paciente desenvolva suas atividades diárias normalmente e não chama tanto a atenção. Por outro lado, a perda de memória do mal de Alzheimer não permite que você leia um livro, porque quando você virou a página, já não se lembra mais do que leu anteriormente. Quando está assistindo a um filme, no meio dele já não se lembra do começo”, exemplifica o geriatra José Eduardo Martinelli.

     

    Perda de memória por depressão e correria do dia a dia

     


    Conforme explica o médico, a memória depende muito de motivação, atenção, concentração e emoção. Quando você está deprimido, perde motivação e emoção e, por consequência, atenção e concentração. Portanto, memoriza menos. “Um fato marcante na vida você nunca esquece, como o nascimento de um filho, porque houve emoção. Quando você gosta de alguma coisa e tem interesse por aquilo, fica motivado, então tende a memorizar mais facilmente”.

    A simples atribulação do dia a dia também pode gerar perda de memória, a qual pode ser diferenciada facilmente daquela ligada ao Alzheimer. Esquecer um compromisso, por exemplo, nem sempre será considerado uma falha patológica de memória. “Os idosos têm pequenos esquecimentos que são normais no dia a dia. O problema é quando, por exemplo, o filho veio jantar com a mãe e ficou 2 horas conversando com ela e no dia seguinte ela ainda espera ele chegar para o encontro. Isto já deixou de ser um simples esquecimento”, afirma Martinelli.

     

    Tratamento ameniza esquecimento do Alzheimer mas não recupera danos sofridos

     


    O esquecimento e os demais sintomas do Alzheimer podem ser amenizados com o tratamento medicamentoso específico para a doença. Contudo, não há como recuperar completamente os danos já sofridos, nem impedir completamente o progresso da doença, apenas reduzir sua velocidade. “
    O tratamento não permite que você volte ao estágio inicial anterior à doença. Há uma melhora até significativa, mas nunca volta ao que era antes”, completa.

     

     

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes