search
    Título

    Emagrecimento: É possível tornar o metabolismo mais rápido? Como?

    Cuidados e Bem-estar
    Emagrecimento

    Por

    A velocidade do metabolismo está relacionada aos hábitos de vida em geral, com destaque para a parte nutricional. Uma dieta adequada, saudável, balanceada e rica em nutrientes importantes, tende a acelerar o metabolismo, ao passo que uma alimentação pouco nutritiva e exagerada torna esse mesmo processo mais lento.  
    “Um dos principais pontos relacionados ao emagrecimento que precisamos entender é que, por questões de sobrevivência, o metabolismo humano ‘aprendeu’ a reservar gordura para manutenção da vida. Sendo assim, se estamos bem nutridos, com oferta ótima de macro e micronutrientes, certamente temos um metabolismo otimizado, eficiente, mais rápido e que requer mais energia”, explica a nutricionista Carla Cotta.

     

    Fatores que atrapalham o metabolismo e o emagrecimento

     


    Por outro lado, o excesso de nutrientes ou o déficit destes causa desequilíbrios no processo, o que pode resultar em obesidade. “Para controlar isso, é necessário lançar mão de estratégias que variam de acordo com os ciclos de vida e que podem
    colaborar para acelerar o metabolismo. Alimentação saudável e prática de exercícios físicos ajudam bastante”, afirma Carla.   
    Além de sedentarismo, composição corporal com relação elevada de percentual de gordura, nutrição inadequada, dormir pouco ou ter sono irregular e sofrer com disfunções hormonais atrapalham o metabolismo e o emagrecimento. “Indivíduos com disfunções hormonais ou metabólicas devem tratá-las, pois elas podem tornar o metabolismo mais lento. Análises bioquímicas e exames laboratoriais são importantes para avaliação criteriosa de como está o desempenho metabólico do organismo”, explica a nutricionista.

     

    Medicamentos para emagrecer

     


    O uso de medicamentos para
    acelerar o metabolismo e ajudar no emagrecimento só deve ser feito, segundo a especialista, com prescrição médica. “Em casos onde há depressão, ansiedade ou transtornos alimentares associados à dificuldade de emagrecimento, é importante o acompanhamento com uma equipe interdisciplinar que ofereça o melhor tratamento para cada caso”, completa.

     

     

     

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes