AchèAchè
    search
    Título

    Dermatite ocre: quais as principais características desta complicação das varizes?

    Uncategorized

    Por

    A dermatite ocre é uma inflamação que ocorre na pele da parte inferior das pernas. O problema está muito associado às varizes, tendo em vista que estas provocam o acúmulo de fluidos nesta região – e este é o principal fator para a manifestação do quadro. Os principais sintomas são descoloração e espessamento da pele.  

    Dermatite ocre e varizes


    “Trata-se de uma complicação associada à insuficiência venosa crônica e à doença varicosa extensa que se apresenta como uma mancha escura na pele”, afirma o angiologista Jayme Ramos de Almeida Filho. A dermatite ocre é considerada uma doença crônica, então não há cura. Porém, com o tratamento adequado é possível controlar os sintomas. 

    “O problema aparece por conta da hipertensão venosa causada pela insuficiência venosa crônica ou em função da lesão de vasos varicosos, onde a hemoglobina do sangue provoca uma irritação na pele. Isso pode levar à alteração da constituição da pele e deixá-la propensa a desenvolver feridas”, explica o especialista.

    Prevenção e tratamento das varizes


    Para evitar a dermatite ocre, portanto, é fundamental adotar medidas que visem prevenir e tratar um possível quadro de varizes. Por mais que em muitos casos a manifestação das veias varicosas
    se dê pela herança genética, há outros fatores de risco para o problema que podem ser controlados, tais como tabagismo, sobrepeso e sedentarismo. 

    O tratamento indicado para quem já foi diagnosticado com varizes se baseia no uso de medicamentos específicos capazes de estimular a melhora da circulação do sangue por todo o corpo. Dessa forma, diminui-se o risco do sangue se acumular nos membros inferiores pela dificuldade de subir no sentido do coração, fato que é o motivo principal da formação das varizes.  

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes