AchèAchè
    search
    Título

    Como o ácido salicílico age no combate à oleosidade da pele?

    Uncategorized

    Por

    A oleosidade é algo natural da pele e ajuda a manter seu equilíbrio e bom funcionamento. Porém, níveis elevados de oleosidade geram o efeito contrário, ou seja, comprometem a saúde da pele. O ácido salicílico é uma das opções indicadas pelos dermatologistas no tratamento contra a oleosidade exagerada. 

    Ação do ácido salicílico no combate à oleosidade


    Uma das consequências negativas da
    oleosidade excessiva é a acne. Por isso, a Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda o uso do ácido salicílico no tratamento contra acne, especialmente quando associado a outros produtos e substâncias igualmente importantes nesse contexto.  

    “O ácido salicílico é um produto que tem ação anti-inflamatória, esfoliante  e comedolítica. É um ativo que penetra bem nas glândulas sebáceas, regulando a atividade desta glândula (produz a oleosidade). A ação esfoliante também ajuda a diminuir a oleosidade da pele, além de remover células mortas”, explica a dermatologista Alexandra Bononi. 

    Formas de aplicação do ácido salicílico


    Segundo a especialista, este ácido pode ser usado em diversos produtos, como sabonetes, loções adstringentes e dermocosméticos de maneira geral. “O ácido salicílico pode atuar e funcionar sozinho, mas em alguns casos o efeito é melhor se for associado a outros ativos de
    controle da oleosidade”, afirma a médica. 

    É possível, ainda, que o ácido salicílico seja aplicado por meio de procedimentos dermatológicos realizados em consultório. “Existem peelings feitos no consultório dermatológico que possuem concentração mais alta deste ácido e atuam de maneira mais potente e mais rápida”, informa Bononi.

     

    Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia:

    https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/acne/23/

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes