AchèAchè
    search
    Título

    Como a barreira de proteção da pele se beneficia dos cuidados com a hidratação?

    Uncategorized

    Por

    A pele é o maior órgão do corpo humano e é essencial para impedir agressões externas, sejam elas causadas por microrganismos, como fungos e bactérias, ou por fatores ambientais, como o vento, o frio e os raios solares. Fundamental para esse processo é a barreira de proteção da pele. Quer saber mais sobre essa barreira e como ela se beneficia dos cuidados com a hidratação? Continue lendo este artigo para descobrir!

    “A barreira cutânea é uma camada que fica sobre a epiderme, constituída por gorduras (na sua maioria ceramidas), que tem função de proteger e preservar a hidratação e a saúde da pele. Uma camada córnea estável e o filme hidrolipídico intacto trabalham em conjunto para limitar a penetração de substâncias nocivas e o excesso de perda de água. São responsáveis pela permeabilidade da barreira da pele, ajudando a evitar que bactérias e vírus penetrem na sua superfície”, afirma a dermatologista Elizabeth Senra. 

    Hidratação bem feita fortalece a barreira de proteção da pele

     

    Para que a pele cumpra com eficácia sua função de servir como uma barreira, é importante que sua camada de proteção seja preservada. No entanto, a pele é constantemente agredida pelos agentes externos, o que pode fazer com que essa barreira de proteção fique comprometida, afetando sua saúde e beleza. É aí que entra a importância de uma hidratação bem feita. 

    Se a barreira de proteção da pele é frequentemente afetada, é fundamental ajudá-la a se recompor. O uso de produtos dermocosméticos hidratantes, especialmente aqueles compostos por ceramidas e lipídios, fornecem à pele a matéria-prima necessária para reconstruir a sua barreira de proteção. 

    Para tornar a hidratação ainda mais eficaz, a dermatologista indica aplicar o hidratante após o banho. Ela recomenda deixar o corpo um pouco úmido e passar o hidratante. Vale ressaltar que a aplicação de um bom hidratante com regularidade ajuda ainda a evitar danos nessa camada, atuando como um agente preventivo. 

    Outras atitudes que ajudam a barreira cutânea da pele

     

    Apostar na hidratação da pele não é a única medida que auxilia na proteção da barreira da pele. “O paciente tem que evitar ações que prejudiquem ainda mais essa barreira, como limitar banhos quentes e o uso de sabonetes adstringentes, que retiram o pouco do manto lipídico que ela apresenta, além de não usar buchas durante o banho”, aconselha Dra. Elizabeth. 

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes