search
Título

Adotar uma dieta rica em cálcio apenas na vida adulta pode ajudar a reduzir os riscos da osteoporose?

Uncategorized

Por

O cálcio é extremamente importante para a formação e saúde óssea, já que é um dos principais elementos que formam o esqueleto. É essencial para a manutenção e integridade do esqueleto, participando da resistência mecânica do tecido ósseo à carga. A falta do mineral pode resultar em doenças como raquitismo e osteoporose. Como a absorção do cálcio é um processo que acontece durante toda a vida, adotar uma dieta rica em cálcio desde cedo é essencial para evitar esses quadros.

 

Cálcio deve ser bem ofertado desde a fase gestacional

 


“Parte da massa óssea, ou seja, a estrutura do osso, é formada de cálcio e outros minerais, como magnésio
, fósforo e silício, sendo o cálcio o principal nutriente dessa estrutura”, afirma a nutricionista Carla Cotta. “A formação óssea também depende do estado nutricional materno, então desde a fase gestacional o desenvolvimento e formação óssea dependem de quantidades ideais de cálcio e outros minerais”. A especialista explica que vários dos nutrientes importantes para os ossos atuam como apoio ao cálcio, permitindo seu transporte ou absorção.

É importante deixar claro que nunca é tarde para começar a se adequar às quantidades diárias ideais de cálcio na dieta, seja por meio da alimentação, seja com a ajuda de suplementos, mas as taxas de absorção do mineral são maiores na infância, por isso é importante incluí-lo na alimentação desde cedo, para reduzir os riscos de osteoporose.

 

Nutrientes importantes para os ossos e que combatem a osteoporose

 

“Vitamina D, magnésio e fósforo, por exemplo, participam do transporte de cálcio ou ativação de reações para a adequada mineralização óssea. A vitamina D, particularmente, também potencializa a absorção do cálcio. Vale citar que a carência de magnésio pode levar à diminuição de crescimento ósseo ou perda óssea, já que ele é importante para a reabsorção óssea”, afirma Carla.
Outros minerais importantes para a saúde dos ossos e que ajudam a combater a osteoporose: cobre, importante para incorporação do colágeno e elastina na matriz óssea; potássio, evita a excreção urinária de cálcio e melhora o balanço ácido no organismo; vitamina C, também ajuda na formação de colágeno; zinco, otimiza a produção de colágeno para ser também incorporado na matriz óssea; e silício, fundamental para a estabilização do colágeno e na mineralização da matriz óssea.

 

 

Foto: Shutterstock

Newsletter
Compartilhamento

Posts relacionados

Converse com um dos nossos atendentes