search
    Título

    A pressão arterial medida pode mostrar valores diferentes em cada braço?

    Hipertensão
    Sintomas

    Por Dra. Bruna Baptistini

    21 de março de 2017

    Você sabia que a pressão arterial não é necessariamente igual nos dois braços? Os valores podem se mostrar discrepantes em uma mesma aferição. Segundo a cardiologista Bruna Baptistini, essa situação ocorre por causa de uma divergência fisiológica da pressão arterial em cada um dos membros e, até certo ponto, não provoca riscos à saúde.  

    Pressão diferente pode indicar doença


    O problema é quando a diferença entre os valores medidos em cada braço ultrapassam 15mmHg (milímetros de mercúrio). “A partir do momento em que essa diferença é maior do que o considerado normal, existe uma patologia associada”, afirma a especialista. Entre as possíveis causas estão o estreitamento da artéria aorta e a dissecção da aorta, que fazem ainda com que a pressão nos membros superiores não seja a mesma dos membros inferiores.

    Um estudo realizado na Universidade de Exeter, na Inglaterra, verificou que existe um risco maior de doenças em pacientes nessas condições. Os pesquisadores descobriram que há uma chance 70% maior de óbito como consequência de problemas cardiovasculares e de 60% como resultado de outras doenças e complicações. Para reduzir os riscos, o estudo indica que os médicos devem medir a pressão arterial nos dois braços dos pacientes.

    Como medir a pressão arterial corretamente?


    O momento de medir a pressão arterial inspira alguns cuidados para que os valores sejam verificados corretamente. Um deslize pode mascarar um problema cardiovascular e colocar a saúde do paciente em risco. Bruna defende que não é necessário repetir a aferição, desde o médico siga alguns passos técnicos para garantir que os dados sejam precisos.

    “Para evitar erros, deve-se deixar o paciente em repouso de três a cinco minutos em ambiente calmo, não conversar durante o procedimento, se certificar de que ele não está com a bexiga cheia e nem fumou nos últimos 30 minutos”, destaca a cardiologista. Ela ainda considera importante posicionar o paciente de maneira correta: sentado com pernas descruzadas e pés apoiados no chão, braço apoiado na altura do coração e com a palma da mão para cima.

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Tags
    hipertensão
    pressão arterial
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes