search
    Título

    O que significam os números que são medidos em uma consulta da pressão arterial?

    Uncategorized

    Por

    A hipertensão é uma doença cardíaca caracterizada pelo aumento nos níveis da pressão arterial. Esse aumento passa a prejudicar a circulação sanguínea e produz diversos efeitos negativos na saúde do corpo, prejudicando o funcionamento dos órgãos. Para verificar se um paciente é ou não hipertenso, o médico realiza um exame para medir os valores da pressão.

    Como funciona o exame?


    Os números se referem a dois momentos diferentes da circulação sanguínea, que funciona como um ciclo. “No início, na chamada fase diastólica, o coração relaxa e recebe sangue das veias. A segunda fase é a sistólica, em que depois de se encher se sangue, ele se contrai e envia o sangue para a artéria aorta e demais artérias do corpo”, explica o cardiologista Francisco Flávio Costa Filho.

    Quando o sangue sai do coração, ele exerce uma pressão em todo o sistema, chamada de pressão arterial sistólica. Quando o órgão para de enviar sangue e apenas recebe, o valor da pressão, nesse momento chamada de pressão arterial diastólica, é outro bem menor. Para compor a medida utilizada pelos médicos, usa-se primeiro a pressão sistólica, seguida da pressão diastólica e, por fim, a unidade de medida de pressão milímetros de mercúrio, ou simplesmente mmHg.

    Verificando a pressão arterial


    Para verificar a pressão arterial, existem algumas regras para que os valores sejam medidos corretamente. “Recomenda-se que a aferição seja realizada com a pessoa sentada, de pernas descruzadas, com pés apoiados no chão, braço relaxado e palma da mão voltada para cima”, aconselha o médico. Além disso, deve-se permanecer em repouso por, no mínimo, cinco minutos e não fumar, não ingerir bebida alcoólica nem cafeína.

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes