AchèAchè
    search
    Título

    A hipertensão também afeta os jovens ou é uma doença de pessoas mais velhas?

    Hipertensão
    Sintomas

    Por

    A hipertensão afeta indivíduos de diferentes faixas etárias. Como se trata de uma doença multifatorial, que se manifesta pela influência de diversos motivos, a probabilidade de atingir uma gama ampla e variada de pessoas acaba sendo grande. Porém, os fatores que justificam a hipertensão em pacientes jovens não são os mesmos relacionados a pacientes de idade mais avançada.  

    Hipertensão nas diferentes fases da vida


    “Apesar da
    hipertensão também atingir pessoas mais jovens, os fatores que fazem essa pressão arterial se descontrolar nesse caso são diferentes do que ocorre com idosos. Em jovens abaixo dos 30 anos sempre temos que descartar hipertensão arterial por outras doenças (causas secundárias), como doença renal, apneia do sono ou hipotireoidismo, por exemplo”, informa a cardiologista Caroline Nagano. 

    Segundo a especialista, em pessoas acima dos 30 anos de idade, porém ainda jovens, o componente de maior importância no surgimento da hipertensão arterial é o sistema nervoso autônomo, com um desequilíbrio em favor do estímulo simpático. Já no caso dos idosos, o próprio envelhecimento justifica, já que resulta no enrijecimento dos vasos, com alterações na produção hormonal e controle de seu calibre. Fora isso, são relevantes o sedentarismos e excesso de peso. 

    “É importante reforçar que determinados fatores para a hipertensão terão mais peso e significado em certas pessoas do que em outras. Um exemplo disso é a ingestão de sódio. Sabemos que há uma parcela da população que é muito sensível ao sódio, com elevações pressóricas importantes, enquanto outros indivíduos não apresentam a mesma sensibilidade”, explica a médica.

    Principais medidas de tratamento


    Independente da idade, o paciente hipertenso deverá sempre se submeter ao tratamento indicado pelo médico especialista, o qual é composto, basicamente, pelo uso de medicamento específico e mudança de estilo de vida, com hábitos mais saudáveis. Parar de fumar, evitar consumo de sódio e gordura na alimentação,
    praticar atividade física regularmente e controlar o estresse no a dia são os principais exemplos.  

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes