Pacientes com osteoporose podem vir a ter depressão? Por quê?


  • +A
  • -A
Imagem do post Pacientes com osteoporose podem vir a ter depressão? Por quê?

Comum em pessoas de idade avançada, a osteoporose implica na perda de massa óssea, ou seja, os ossos se tornam mais frágeis. Os pacientes com esta doença, portanto, precisam tomar muito cuidado, pois o risco de uma queda resultar em fratura é muito alto, e isso pode ser fatal. Por viverem com uma condição tão crítica, algumas pessoas podem acabar desenvolvendo depressão.

Depressão pode piorar quadro de osteoporose


“Indivíduos que têm osteoporose podem sim desenvolver depressão, assim como qualquer paciente. Na maioria das vezes, isso ocorre em função do
medo constante de dor e de fratura. O paciente começa a limitar cada vez mais suas atividades, até que os sintomas depressivos aparecem”, explica o ortopedista Gualter Maldonado.

Além do fato do paciente com osteoporose que desenvolveu depressão ter que enfrentar duas doenças complicadas ao mesmo tempo, há ainda o risco do transtorno psicológico prejudicar o quadro da osteoporose. “Isso ocorre pois a depressão pode fazer com que o paciente não tenha uma boa adesão ao tratamento da osteoporose”.

Tratamento de osteoporose dá confiança ao paciente para fugir da depressão


Vale ressaltar que
quando o tratamento da osteoporose é bem feito e apresenta resultados positivos, a tendência é de que o paciente se sinta mais motivado, esperançoso e confiante, o que pode ser uma arma e tanto contra a depressão. “Quando a pessoa volta a se sentir capaz de realizar atividades das quais havia se excluído, há um sentimento de bem estar e de vitória, diminuindo assim o risco de depressão”.

Para que o paciente volte a se sentir bem e confiante para realizar suas atividades diárias normalmente, mesmo com os cuidados por conta da doença, é importante aderir ao tratamento não apenas com remédios, mas também com a adoção de hábitos de vida mais saudáveis. Manter o peso ideal, praticar exercícios físicos e se alimentar adequadamente, buscando nutrientes importantes para os ossos, como o cálcio e a vitamina D, é essencial.  

Dr. Gualter Maldonado de Azevedo é ortopedista, traumatologista, especialista em cirurgia da coluna e membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT). CRM-SP: 124069

Foto: Shutterstock

TAGS
depressao
ossos
osteoporose
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Pacientes com osteoporose podem vir a ter depressão? Por quê?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.