Demência senil: O que causa essa condição que afeta idosos?


  • +A
  • -A

O envelhecimento da população cada vez mais acelerado desperta a atenção para doenças e condições típicas da terceira idade, como é o caso da demência senil. Em 2015, o número de idosos no Brasil atingiu um novo recorde: 14,3% do total da população do país, índice que se manteve abaixo dos 10% durante todo o século 20, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Perda de memória é o principal sintoma da demência senil


“O termo demência senil se refere a uma deterioração da capacidade cognitiva que compromete a execução das atividades diárias dos idosos”, explica a geriatra Daniela Fonseca de Almeida Gomez. É uma síndrome que se instala com o tempo, alterando progressivamente o comportamento e a independência das pessoas desta faixa etária.

Os sintomas são bem variados. O paciente pode apresentar desorientação, dificuldade para encontrar palavras, confusão mental, irritabilidade e agressividade. Falta de concentração e de atenção também são comuns, mas em boa parte dos casos, a maior característica é a perda de memória, que se manifesta em perguntas repetidas e dificuldade para guardar nomes e passar recados.

Deficiência de nutrientes e Alzheimer causam demência senil


De acordo com Daniela, existem causas reversíveis e irreversíveis para a demência senil. “Entre as reversíveis, destacam-se a deficiência de vitamina B12 e ácido fólico, tumores cerebrais, hidrocefalia de pressão normal e hipotireoidismo”, cita a profissional. Anemia, desidratação, traumas cranianos e uso incorreto de medicações também são causas que, com tratamento adequado, podem reverter a demência.

Entretanto, há ainda as causas irreversíveis. As mais frequentes são a doença de Lewy, demência vascular, demência frontotemporal e a mais comum, a doença de Alzheimer. Segundo a especialista, não há cura nestes casos, mas se a demência for percebida rapidamente e o tratamento iniciado nas fases iniciais da síndrome, é possível retardar sua evolução e garantir mais qualidade de vida ao idoso.

Dra. Daniela Fonseca de Almeida Gomez é geriatra e gerontóloga e graduada em Medicina na Faculdade de Ciências Médicas de Santos (SP). CRM-SP: 104817 – www.idosos.med.br

Foto: Shutterstock

TAGS
alzheimer
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

15 comentários para "Demência senil: O que causa essa condição que afeta idosos?"

IONE REGINA CORREA DA SILVA

Bom dia! Aminha mãe tem alzahemeir gostaria de saber se é comum eles falarem palavrões , além disso ela come muito anda demais e ninguém consegue fazer com que ela figue no mesmo lugar por um minuto, não dorme bem mesmo com medicamentos. Ela faz uso de carbamazepina, donila duo, mirtazapina e olanzapina.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Ione, infelizmente essas reações são em decorrência do Alzheimer e não existem muitas formas de poder controlar. O uso dos medicamentos ajudam a amenizar os sintomas e evitar o avanço da doença, mas não é possível reverter o quadro. Abraços

Romilda

Notei em mim a perda da memória momentâneo, após ser mordida na mão por um cachorro, pelo susto, não lembro em ter almoçado, e as pessoas que estavam comigo, afirmaram que eu tinha almoçado, até hoje não lembro, outro dia um trajeto que faço costumeiro, passei e não lembro de ter passado pelo caminho, só lembrei que estava em outro lugar minutos depois, retornei e vi que o caminho que percorri foi de 15 minutos, já posso achar que sou um futuro portador da doença?Obrigado

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Romilda, é comum essa perda de memória após sofrer algum trauma. De qualquer modo aconselho que você procure um médico e realize exames mais detalhados para ter certeza de que realmente não é nada. Abraços

Fatima thompson dias

O que causa demência vascular? O q podemos tomar para evitar a demência

isabel

Eu leio algo ,escuto uma pregaçao ,algumas horas esqueço oque foi falafo dias depois ou semanas .Isso pode ser faltar de exercitar a memoria .Ate ter o abto de ler.

Rosemeire da Silva Guedes

Meu pai tem 80 anos está com demência de Levi bem agressivo, confusão mental esquecimento pernas travando e inchadas. Movimento cognitivo comprometido. Escrita ruim mal escreve o nome. Agora tá tomando quetiapina deu uma camada.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Rosemeire, bom saber que após seguir o tratamento o seu pai teve uma melhora, por isso a importância de buscar ajuda profissional e seguir as orientações prescritas. Abraço.

Cleide

Minha mae te demencia sai pra passea com deixa ela mas agresciva ou e bom pra ela destrai por tem ves que saio na esquina ou mo mrrcado com ela quando ela chega ja nso conhece a cada e pede pra ir embora e bom ou ruim sair com ela

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Cleide, ela pode continuar participando da rotina da família, sempre respeitando as limitações físicas. Não deixe de seguir o tratamento e recomendações prescritas pelo médico dela. Abraços.

Shopia

Bom dia!Minha mãe tem 85 anos, ela tem diabetes porém é controlada por remédio, tenho notado que sua imaginação anda fértil demais,inventas situação,por conta disso ela não consegue viver com ninguém, nada que fazemos está bom para ela, todos a rouba, uma inrritabilidade constante, isso pôde ser demência?Como faço para ter esse diagnóstico e possível saber disso.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Shopia, acompanhe sua mãe em uma consulta com o médico geriatra e informe a ele sobre os comportamentos que você têm observado, assim ele poderá te auxiliar. Abraços.

Daniela Maximiano

Bom dia meu pai já está se tratando uns 06 anos ele tem 86 anos ele toma doneprezila, memantina mitarzapina, fenitoína e quetros é pra dormir Zorpidem ele até é tranquilo mais tem vez que ele não dorme a noite mais está cada vez esquecendo tudo

Cida

Minha mãe está com 88 anos e agora de uns tempos para cá está desenvolvendo demência,ajudaria levar em um psicologo?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Cida, leve sua mãe para uma consulta com o geriatra, se for necessário ele poderá fazer o encaminhamento para o psicólogo. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.