O que acontece no cérebro de um paciente com mal de Alzheimer?

  • +A
  • -A

O mal de Alzheimer afeta o cérebro de forma progressiva, comprometendo não apenas a memória, mas também o comportamento, movimentação, inteligência e até a fala do paciente. O processo de degeneração em questão está associado à destruição de componentes essenciais do cérebro. Como os danos causados são irreversíveis, o tratamento adequado visa retardar o avanço da doença e garantir mais tempo e qualidade de vida para o paciente.   

“No caso do paciente com Alzheimer, ocorre uma atrofia global do cérebro, especialmente nas regiões têmporo-parietais. A partir dos 30 anos de idade, perdemos 1% da função de cada órgão e o cérebro acompanha com diminuição dos neurônios e sinapses. Na doença de Alzheimer, essa perda é mais acentuada e mais localizada”, explica o geriatra José Eduardo Martinelli.

 

Alzheimer compromete hipocampo, área do cérebro ligada à memória

 

Segundo o especialista, também se fazem presentes na doença de Alzheimer os emaranhados neurofibrilares e as placas senis, que podem ser encontrados em idosos sem demência. “Contudo, nos pacientes que apresentam o problema, essas lesões se concentram no hipocampo, que é a região responsável pela memória”, explica Martinelli.

O passar do tempo com a doença ativa no organismo faz com que as conexões cerebrais existentes entre os neurônios do córtex sejam destruídas, o que gera o encolhimento do córtex. Esse encolhimento chega até o hipocampo e faz com que o Alzheimer avance para outras áreas do cérebro, destruindo células e neurônios.

 

Tratamento do Alzheimer

 

Para retardar a progressão da doença, o ideal é aderir o quanto antes ao tratamento adequado recomendado por um especialista. Este deverá se basear no uso de medicamento específico para “frear” os sintomas, além de medidas que estimulem a mente e a cognição do paciente (leitura, escrita, jogos, socialização, atividade física, etc.).

 

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. José Eduardo Martinelli

Dr. José Eduardo Martinelli

Geriatria

CRM: 27875 / SP

TAGS
alzheimer

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

8 comentários para "O que acontece no cérebro de um paciente com mal de Alzheimer?"

RUY PINHEIRO RODRIGUES

Acredito que as atividades fisica / mentais são cuidados fundamentais pela vida saudaveis.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Ruy, nós do Programa Cuidados pela Vida concordamos com você!

Adriane Fraga

Minha mãe está com Alzheimer e o médico que a trata recomendou Donila e Risperidona. Mas sinto que ela precisaria de algo mais. Contratei um fisioterapeuta que a visita três vezes na semana. Entrei neste grupo para saber mais o que fazer. É muito triste ver a situação dela.

Marilena cavalheiro

É possível uma viver com a doenca por mais de 15 anos. Minha mãe já tá há dez anos. Primeiro com quetiapina e donepezila. Agora com melanina. Foi um.processo lento. Agora já está mais adiantado. Mas ela está bem fisicamente. Mas não lembra mais dos filhos. Ela come e anda bem. Conversa muito do jeito dela. Está com 88 anos.

rose regina kofahl

Sempre digo primeiro Deus. Segundo minha mamãe. Hoje meu coração esta muito triste. Pois minha mamãe e tudo que Deus deu para mim. Mas tento fazer o meu melhor por ela. O Neuro de minha Mamãe diz que a vida tem suas escolhas.E entre tudo de minha vida fico com minha mamãe. sou professora de crianças pequeninas efetiva. tenho cuidadora para ela, e tenho câmeras pela casa toda. Mas: o AMOR e a maior fonte de todas. E DEUS é a inspiração para minhas angustias e as lágrimas. Sei que DEUS que me sustenta. E agradeço a DEUS, por estar ao lado dela. Ela ama andar de carro. As vezes quase todos os dias eu passeio bem devagarinho com ela na praia. Mas de carro. Mamãe e tudo tudo tudo de lindo que DEUS todo poderoso me deu. Muitas vezes eu me condeno se sou e faço tudo por ela. Acho que faço pouco. sempre me pergunto. Pois quero dar o meu melhor. Sempre sempre penso e mimo acho que muito ela. Mas como cuido de bebes, acho que cuido igual dela. A minha mamãe e a benção que DEUS deu para mim. Tenho família, mas eu moro com a minha mamãe. E sei todas as manhas dela. agora fiz uma pastinha com fotos da família como quando eu trabalhei na APAE, maneira de respeitar o outro. e estou fazendo as fotos para passar o tempo todo na tv. Se ela se esquece eu mostro a foto a imagem. O cachorro dela quebrou a unha. Eu tirei foto do veterinário e mostrei a noite para ela não se esquecer que de manhã ele já voltaria para casa. e assim tudo vai indo. mas tem que cuidar muito. Acho que o AMOR E TUDO. o AMOR e a fonte.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Rose, é lindo ler o seu relato e ver o carinho e atenção que você tem com sua mãe. Estimamos melhoras.

Carlos Roberto

TEMOS QUE PREPARA NOSSA MENTE, PARA ESSA DOENÇAS E OUTRA QUE AFETA O SER HUMANO. PRECISAMOS CUIDA DO NOSSO CÉLEBRO PORQUE ELE É O CENTRO DO NOSSO CORPO

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Carlos Roberto. Você está certo, temos mesmo que cuidar do nosso cérebro, não só para prevenir o mal de Alzheimer, como outras doenças degenerativas. Temos aqui uma sugestão de leitura com exercícios que podemos fazer para retardar os sintomas do Alzheimer: https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/alzheimer/enfrentando-o-alzheimer. Até breve. Abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.