Alzheimer: quais exames podem ser feitos para confirmar ou não o diagnóstico?


  • +A
  • -A
Imagem do post Alzheimer: quais exames podem ser feitos para confirmar ou não o diagnóstico?

O mal de Alzheimer é uma doença que atinge principalmente os idosos e provoca a degeneração da memória, da capacidade de falar e compreender, além de outras habilidades do ser humano. Diante da suspeita do desenvolvimento do problema, é importante que o paciente vá ou seja levado por um cuidador ao consultório médico para que seu estado de saúde seja investigado.

Diagnóstico do Alzheimer é feito com avaliações em consultório e exames


“Para a confirmação do diagnóstico de Alzheimer, é necessário fazer uma avaliação cognitiva, além de exames laboratoriais e de imagem”, afirma a geriatra Daniela Fonseca de Almeida Gomez. O profissional procurado deverá fazer perguntas e testes psicológicos para verificar o grau de
perda das funções cognitivas, assim como analisar a história e mudanças de comportamento do paciente.

A realização de uma tomografia ou da ressonância magnética do crânio permitem, segundo a especialista, avaliar as estruturas cerebrais. “Dentre os exames laboratoriais, destaco a importância da dosagem de vitaminas, função da tireoide e funções hepática e renal, pois essas alterações podem levar a quadro semelhante ao do Alzheimer”, diz a médica.

Alguns sinais podem indicar que um amigo ou familiar está com Alzheimer


É importante que os familiares prestem atenção a qualquer mudança, já que o
diagnóstico precoce ajuda a retardar a evolução do mal de Alzheimer. Esquecer informações recentes, contar várias vezes a mesma história, perder compromissos e demorar mais tempo para fazer tarefas que sempre fez com destreza e rapidez são alguns exemplos.

Inicialmente, os pacientes apresentam pequenos esquecimentos que vão se agravando progressivamente e passam a atrapalhar as atividades rotineiras. “A medida em que a doença progride outros sinais aparecem, como desorientação no tempo e no espaço, problemas de linguagem e alterações do humor e da personalidade. O paciente pode ficar confuso, irritado e desconfiado, apresenta maior risco de se perder na rua e muitas vezes não encontra palavras para se expressar”, destaca Daniela.

Dra. Daniela Fonseca de Almeida Gomez é geriatra e gerontóloga e graduada em Medicina na Faculdade de Ciências Médicas de Santos (SP). CRM-SP: 104817 – www.idosos.med.br

Foto: Shutterstock

TAGS
alzheimer
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

14 comentários para "Alzheimer: quais exames podem ser feitos para confirmar ou não o diagnóstico?"

Edna

Tenho 58 anos e as vezes me esqueço das coisas meu pai e vários irmãos dele teve alzaimer e tenho medo de desenvolver essa doença o que faço

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Edna, o Alzheimer é uma doença influenciada, em parte, pela carga genética. Ao perceber o aparecimento dos sintomas, é fundamental procurar a ajuda de um especialista.
Segue o link de uma de nossas matérias com mais informações a respeito deste assunto: https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/alzheimer/prevenir-mal-de-alzheimer

Anair

Meu esposo está com 76 anos, alguns anos atrás começou com esquecimentos, á um ano está piorando. Coisas costumeira que fazia não faz ou não se interessa, os movimentos estão ficando lentos. Está sendo medicado pelo Neurologista, Psiquiatra, etc… Na família dele a vó, mãe, irmão, é tias, tiveram Alzheimer. Confesso que estou muito preocupada e até apavorada com essa situação. Obrigada!

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Anair, temos em nosso site diversas matérias sobre este assunto que podem te auxiliar, segue o link:
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/alzheimer
Abraços.

Maria Conceição

Minha mãe tem 89 anos tem problema de audição e tá apresentando dificuldade de pronunciar algumas palavras. Associei a perda auditiva, pode ser sintoma de Alzheimer?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Maria Conceição, é complicado diagnosticar sua mãe apenas com essas informações. É necessário realizar avaliação com o médico especialista para que ele possa realizar o diagnóstico e, caso seja necessário, prescrever um tratamento. Abraços.

Márcia Costa

Tenho 53:anos e tenho alguns lapsos de memória constantemente. Sou filha e irmã de portadoras de DA. Minha mãe é uma semi-analfabeta já minha irmã é formada em psicologia e psipedagogia,nunca parou de estudar e ler. Gostaria de saber se o intelecto influência para o aparecimento do Alzheimer?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Márcia, temos em nosso site algumas matérias com informações que podem te auxiliar, segue os links:
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/alzheimer/atividade-cognitiva-alzheimer
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/alzheimer/alzheimer-entenda-sobre-doenca-do-seculo
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/alzheimer/prevenir-mal-de-alzheimer
Lembrando que isso não te isenta de comparecer em uma consulta com o médico para obter maiores orientações. Abraços.

Josinete maria

Tenho 40 anos,vai fazer três meses que perdi meu pai,ele tinha DA e já estava no último estágio, acamado, não falava, não comia,gostaria de saber se posso ter a doença?tipo Alzheimer precoce..

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Josinete, sentimos muito por sua perda.
Temos em nosso site uma matéria com informações que podem te auxiliar com esta dúvida, segue o link:
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/alzheimer/mal-alzheimer-idosos-precoce
Abraços.

edilza silva

Eu cuido da minha mãe ela tem 88 anos e tem alzheimer diagninosticado, eu tenho 59 anos eu tenho que fazer uma avaliação.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Edilza, temos em nosso site uma matéria com informações que podem te auxiliar com esta dúvida, segue o link:
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/alzheimer/mal-alzheimer-idosos-precoce
Abraços.

Geicelma Ribeiro

Meu pai tem 79 anos está com alzheimer, mas é muito teimoso, quando não quer não toma remédio , sai sozinho. E detalhe quer que a minha mãe fique por conta dele, ela não pode ir na igreja que ele fica com raiva fala que vai sair não toma remédio fica marrento. Meu Deus é difícil demais;

Jussara Salete Balduíno

Meu sogro esta com sintomas de Auzaimer, esta agressivo principalmente com meu marido.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.