Quais são os efeitos de dormir poucas horas todas as noites?


  • +A
  • -A

A qualidade do sono influencia totalmente na vida que se leva, pois o ato de dormir (especialmente dormir bem e por uma quantidade adequada de horas) provoca uma série de reações benéficas ao organismo. Sendo assim, quem dorme pouco todas as noites não conta com esses efeitos positivos no corpo, o que reflete negativamente nos momentos não ociosos do dia.    

 

Dormir pouco prejudica o desenvolvimento cerebral e do organismo

 

“Dormir menos do que o necessário se chama privação de sono. Sendo o sono uma necessidade básica do nosso organismo, a falta dele gera consequências como queda no rendimento escolar e do trabalho, aumento do índice de acidentes, acidentes automobilísticos, predispõe à obesidade, desregula os hormônios, está relacionada a transtornos psiquiátricos, como depressão, e reduz nossa imunidade”, informa o médico do sono Franco Martins.

Segundo o especialista, isso ganha ainda mais importância na infância, já que nesta fase o sono é essencial para o bom desenvolvimento cerebral e do organismo como um todo. “A privação de sono é o mal do século. As pessoas trocam o sono por trabalho ou lazer. Se o sono fosse um banco, a maioria das pessoas estaria devendo”.

 

Formas de combater a insônia

 

Quando se inicia o hábito de postergar o sono ou ele já é mantido há um certo tempo, existe a possibilidade do aparecimento de insônia e transtornos do ritmo do relógio biológico. “Se em uma noite dormimos menos, na noite seguinte o sono aparece mais facilmente. Porém, se esses horários são muito irregulares, o relógio biológico se confunde, dificultando o sono de qualidade”, afirma Martins.

Independente de qualquer coisa, ao pensar em uma solução para o problema, não adianta tentar estipular uma quantidade de horas fixa para dormir. O papel da medicina do sono atualmente é definir o padrão de sono de cada pessoa. Alguns dormem mais, outros menos. “O conceito de dormir pouco está cada vez mais relativo”, pontua Martins. Para resolver qualquer problema relacionado ao sono, é importante ir ao médico especialista e buscar o tratamento adequado, muitas vezes por meio de remédios que ajudem a controlar a insônia.  

 

Dr. Franco Chies Martins é médico do sono formado pela Universidade de São Paulo e pneumologista formado pela Universidade de Campinas (Unicamp). CRM-SP: 138476

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
TAGS
insonia
psicologico
sono

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Quais são os efeitos de dormir poucas horas todas as noites?"

Ivanda Rangel Mesquita

Boa noite, gostaria que me ajudassem, pois não consigo dormir à noite direito, acordo de uma e uma hora, levanto acabada Att, Ivanda Fico no aguardo, desde já agradeço!!!

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Ivanda, a insônia é um problema de saúde capaz de reduzir consideravelmente a qualidade de vida. É um distúrbio que provoca uma grande dificuldade para dormir e manter o corpo em repouso ao longo de toda a noite. De acordo com Dr. Shigueo Yonekura ao acordar à noite e não conseguir voltar a dormir depois de 20 minutos, o ideal é não ficar na cama olhando para o relógio esperando o sono aparecer. “Leia um livro ou ouça uma música relaxante, mas evite o brilho da tela da televisão ou do computador porque podem estimular o cérebro e mantê-lo acordado”, afirma o médico, que também é especialista em Medicina do Sono. De qualquer forma é muito importante que você busque ajuda de um médico para que seja identificado a causa da insonia e iniciar o tratamento mais adequado. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.