search
    Título

    Yoga é uma atividade que pode ajudar no tratamento da ansiedade leve?

    Uncategorized

    Por

    A prática de atividades físicas produz benefícios consideráveis para a saúde do corpo. De acordo com um estudo feito pela JAMA Internal Medicine, uma publicação internacional voltada para médicos, se exercitar pelo menos uma vez na semana aumenta a expectativa de vida e reduz o risco de morte prematura em até 30%, de acordo com dados coletados de 63 mil adultos entre 1994 e 2012.

    Yoga pode diminuir estresse, agressividade, depressão e ansiedade


    No caso da ansiedade leve e até mesmo de outros transtornos psiquiátricos, como a depressão, o yoga pode colaborar bastante para o sucesso do tratamento. “A prática do yoga, além dos benefícios psicológicos como redução de afetos negativos e agressividade, tem se mostrado eficaz na redução dos níveis de ansiedade e depressão”, afirma a psiquiatra Elaine Henna.

    O yoga é uma atividade que une bem-estar físico e mental por meio de métodos que trabalham a postura e a respiração dos praticantes e que ajudam o organismo a relaxar enquanto combatem o estresse. Professores de yoga dizem que os exercícios podem até mesmo controlar os níveis de colesterol e outros problemas cardiovasculares, focando não nos sintomas, mas nas causas das doenças.

    Quais exercícios físicos podem diminuir a ansiedade?


    A atividade não é a única que pode proporcionar mais qualidade de vida. De acordo com Elaine, exercícios aeróbicos de baixa intensidade e qualquer outro que seja capaz de gerar prazer são indicados para amenizar a ansiedade. Vale desde uma corridinha no parque e  andar de bicicleta até o trabalho até praticar musculação e natação.

    A especialista explica ainda as principais diferenças entre a ansiedade leve e a mais intensa: “É natural que, diante de uma situação nova e desconhecida, tenhamos preocupação e medo. Entretanto, quando esses sintomas são constantes, intensos e quando impedem o desempenho das atividades, podemos dizer que a ansiedade é mais intensa”. Nesses casos, é preciso consultar um médico para tratar o problema.
    Dra. Elaine Aparecida Dacol Henna é psiquiatra formada pela Universidade de Mogi das Cruzes e atua em Sorocaba (SP). CRM-SP: 66403
    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes