search
    Título

    Quais são os principais alimentos fontes de vitamina D para idosos?

    Cuidados e Bem-estar
    Longevidade

    Por

    Considerada hoje um hormônio, a vitamina D é muito importante para a manutenção do tecido ósseo, sistema imunológico e prevenção de diversas enfermidades, inclusive o câncer. Por conta disso, é essencial durante toda a vida, da infância à velhice. No entanto, quais são os alimentos mais ricos nessa substância recomendados para idosos?

     

    Importância da vitamina D para os idosos

     


    Os principais alimentos que contém a vitamina D são, segundo a nutricionista Ana Paula Moura, os óleos de fígado de peixe e os peixes de água salgada, tais como as sardinhas, arenque e salmão, além da gema de ovo, cogumelo, queijo, manteiga e carne bovina. A vitamina D também pode ser obtida através de suplementação, esta usada principalmente quando há deficiência ou em caso de prevenção e tratamento de doenças. No entanto, a médica frisa que a fonte primordial de vitamina D são os raios solares.

    “É muito importante que idosos mantenham uma boa ingestão de alimentos ricos em vitamina D e se exponham à luz solar, pois assim evitam a fragilidade óssea e a maior predisposição a fraturas, além de outras situações clínicas indesejáveis, como alguns tipos de câncer, sintomas de depressão, distúrbios metabólicos, doenças autoimunes e cardíacas, entre outros”, explica Ana Paula.

     

    Necessidade de suplementação da vitamina D em idosos

     


    De acordo com a médica, pesquisas mostram que valores séricos (quantidade de determinada substância no sangue) inadequados foram encontrados em 85 % de idosos em uma grande capital brasileira. “A vida moderna pode levar a este resultado, onde a exposição ao sol é bem menor, comparada a outras décadas e, quando acontece, é com filtro solar, que bloqueia o processo de ativação da vitamina D”.

    Com este cenário em vista, a suplementação da vitamina D se torna crucial nesta faixa etária mais avançada. “Desta maneira pode-se evitar fraturas e a osteoporose, que muita vezes é associada apenas à falta de cálcio, inclusive, desconsiderando a importância da vitamina D”, completa.

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes