AchèAchè
    search
    Título

    O tratamento medicamentoso contra calvície pode ser usado em outras áreas do corpo?

    Uncategorized

    Por

    O tratamento medicamentoso contra calvície pode ser utilizado em outras áreas do corpo. Muitos homens que têm pouca barba e desejam mais volume de pêlo nessa região do rosto apostam nesse mesmo tratamento, por exemplo. Portanto, é possível usar o fármaco em outras partes do corpo, como peitoral, axilas, etc. Contudo, somente o médico especialista será capaz de indicar a quantidade adequada para cada caso. 

    Tratamento medicamentoso em outras áreas do corpo


    “É possível fazer o mesmo
    tratamento tópico para calvície em outras partes do corpo. Mas é importante ficar atento à quantidade de produto utilizada. Em uma área maior, por exemplo, a tendência é o paciente querer utilizar uma quantidade maior de remédio, mas os trabalhos de produtos utilizados para calvície foram feitos para a área específica do couro cabeludo, o que significa que concentrações maiores aumentam a chance de efeitos colaterais”, informa a dermatologista Gabriella Albuquerque. 

    Ou seja, para que o paciente tenha as maiores chances possíveis de atingir o resultado esperado, ele deve, primeiramente, seguir à risca as orientações de um médico especialista e, além disso, manter o tratamento de forma contínua, durante todo o tempo estipulado pelo profissional. Os sinais de melhora não aparecem logo de cara, então é importante ter paciência e acreditar no processo.

    Muitas pessoas iniciam o tratamento e, ao não verem mudança rápida, interrompem por acharem que não está funcionando. Sendo assim, para quem está descobrindo todo o procedimento agora, é essencial saber que os resultados demoram para aparecer e isso é normal. Vale ressaltar que de nada vale saber disso e manter o tratamento de forma irregular, pois isso também compromete o resultado. 

    Medicamentos orais para calvície não têm a mesma eficácia


    “Para quem for
    usar esse tipo de medicação em outras áreas do corpo, eu sugiro manter a mesma quantidade proposta para o couro cabeludo. Mas, reforçando, o ideal é sempre conversar primeiro com o seu dermatologista de confiança. Com relação aos medicamentos antiandrogênicos orais utilizados para calvície, os estudos não demonstraram ter a mesma eficácia das opções tópicas. Por isso, não são recomendados”, conclui a dermatologista.  

     

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes