AchèAchè
    search
    Título

    O protetor solar precisa ser aplicado com maior frequência no verão?

    Uncategorized

    Por

    A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) considera a proteção solar uma das principais formas de cuidados com a pele. Segundo a organização, a exposição à radiação ultravioleta (UV) pode provocar diversas alterações na pele como o surgimento de manchas, rugas e sardas e, nos casos mais graves, tumores. Para evitar essas complicações, é recomendado que o protetor solar seja usado diariamente, principalmente durante o verão. 

    A intensidade dos raios ultravioleta é maior no verão


    De acordo com a dermatologista Manuela Boleira, o protetor solar é a melhor maneira de se prevenir dos efeitos nocivos dos raios solares e seu uso deve ser intensificado no verão.
    A radiação ultravioleta emitida pelo sol pode ser divida em dois tipos distintos: a radiação UVA e UVB, que apresentam intensidades diferentes durante o dia e o ano.

    Enquanto a intensidade da radiação UVA é praticamente constante durante o dia, a intensidade da UVB é maior no período compreendido entre 10 e 16 horas, por causa do posicionamento entre o Sol e a Terra, quando os raios solares atravessam menos a camada de ozônio. Desta maneira, a intensidade da radiação ultravioleta é maior nos meses do verão (principalmente dos raios UVB) e está mais relacionada a queimaduras solares e ao surgimento do câncer de pele”, explica a médica.

    O que indica o FPS do protetor solar?


    Todas as embalagens de filtros solares têm, em destaque, o valor do fator de proteção solar, também conhecido pela sigla FPS. “O FPS (fator de proteção solar) presente nos filtros solares mede a capacidade do produto de proteger contra uma reação de queimadura solar”, informa a especialista. Quanto mais clara a pele, maior deverá ser o FPS. 

    A SBD recomenda que os protetores tenham FPS de, no mínimo, 30 para garantir uma boa proteção. O produto deve proteger a pele tanto dos raios UVA quanto dos raios UVB, deve ser aplicado pelo menos 30 minutos antes da exposição solar e ser reaplicado a cada duas horas. Vale lembrar que o uso de protetor não exclui a necessidade de um acompanhamento com um dermatologista para prevenir doenças, como o câncer de pele.


    Dados da
    Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD): https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/cuidados/cuidados-com-a-pele-no-verao/

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes