search
Título

Hipertensão: Quais são as mudanças no estilo de vida mais benéficas?

Hipertensão

Por

A hipertensão é uma das doenças que mais levanta preocupações das pessoas, seja pela falta de sintomas na maior parte dos casos ou pela risco e gravidade das complicações, como AVCs, infartos e até cegueira. Quem luta contra o problema pode utilizar medicamentos prescritos por um especialista, mas mudanças no estilo de vida podem ajudar bastante.

Praticar exercícios controla a pressão arterial


“Praticar atividades físicas, como caminhadas, natação e dança, deixar de fumar, reduzir o consumo de sal na alimentação e a aumentar o consumo de água e fibras são as medidas mais benéficas para quem enfrenta a hipertensão”, afirma a cardiologista Ana Catarina de Medeiros Periotto. Essas mudanças, no entanto, não geram benefícios apenas para pacientes hipertensos, já que interferem em toda a saúde do corpo.

De acordo com a médica, o cigarro contrai as artérias e aumenta a pressão arterial dez minutos depois da primeira tragada. Em longo prazo, o tabagismo enrijece as artérias e aumenta o aparecimento de placas de gordura nas artérias, podendo provocar trombose arterial, infarto e derrame.

Álcool agrava hipertensão e dificulta tratamento


Eliminar o consumo do álcool também é importante para pacientes hipertensos. Além de atrapalhar o efeito dos medicamentos, o uso de bebidas alcoólicas aumenta a pressão arterial e produz alterações graves em longo prazo, como a dilatação e o enfraquecimento do músculo cardíaco e alterações nas paredes dos vasos sanguíneos, atrapalhando todo o sistema cardiovascular.

Dra. Ana Catarina diz ainda que devemos consumir os alimentos mais naturais e frescos possíveis, como frutas, legumes, saladas, sucos naturais, castanhas e grãos integrais, que são ricos em fibras que ajudam a controlar a pressão e os níveis de açúcar e gordura no sangue. “Devemos evitar alimentos industrializados com excesso de sal, alimentos gordurosos que associam elementos com muita gordura e sal, além de temperos industrializados, massas e pães condimentados”, destaca a cardiologista.  
Foto: Shutterstock

Newsletter
Compartilhamento

Posts relacionados

Converse com um dos nossos atendentes