AchèAchè
    search
    Título

    Como preparar o organismo do seu filho para a primeira experiência na creche?

    Saúde Infantil

    Por

    Em sua primeira experiência na creche, a criança precisa estar com a imunidade alta para que seu corpo seja capaz de protegê-la. “Quanto mais preparada imunologicamente a criança estiver, menos problemas ela enfrentará nesse novo universo que estará frequentando, que é a escola, visto que seu organismo estará mais apto a combater vírus e bactérias”, afirma o pediatra Alessandro Ribeiro. 

    Vacinação é ferramenta poderosa para a primeira experiência na creche


    Os pais e os pediatras exercem papéis fundamentais na saúde dos pequenos. São eles os responsáveis por preparar o sistema imunológico da criança para essa primeira experiência. Segundo Dr. Alessandro, isso é feito seguindo corretamente o calendário de
    vacinação do recém-nascido, o que oferece proteção às principais doenças dessa faixa etária. 

    Além disso, o médico destaca também a importância do aleitamento materno: “O estímulo à imunidade se dá a partir da amamentação. A mãe passa anticorpos contra várias doenças para o bebê e esses anticorpos duram alguns meses”. A recomendação do Ministério da Saúde é que o bebê receba apenas leite materno durante os primeiros seis meses de vida e que o aleitamento seja feito até a criança completar 2 anos, pelo menos.

    Alimentação adequada ajuda a evitar infecções e outras doenças


    Nas crianças que já podem receber outros alimentos, vale conversar com o pediatra ou um nutricionista infantil para elaborar
    refeições que ajudem a turbinar a imunidade. É importante evitar o excesso de gorduras e açúcar e dar preferência aos alimentos ricos em ferro, sais minerais, vitamina B12 e outras, como o ácido fólico (vitamina B9). 

    Não seguir as medidas indicadas pelo pediatra coloca em risco à saúde da criança, porque prejudica o funcionamento do sistema imunológico. “Ela estará mais propensa a apresentar todo tipo de doença, como diarreias, gripes, e outras doenças infectocontagiosas”, alerta o especialista. Isso atrapalha seu desenvolvimento e sua frequência na creche. 

     

    Dados do Ministério da Saúde: http://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/amamentacao/

    Foto: Shutterstock

    Compartilhe

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes