search
    Título

    Como funcionam os medicamentos usados para a recuperação após um infarto?

    Hipertensão

    Por

    O infarto do miocárdio é um problema de saúde causado pela interrupção significativa do fluxo sanguíneo que chega ao coração. Também costuma ser chamado de ataque cardíaco e é uma das consequências da falta de tratamento adequado para a hipertensão. Se você teve um infarto, seu médico deve ter indicado o uso de um ou mais medicamentos para ajudar na recuperação.

    Medicações utilizadas após infarto controlam colesterol e surgimento de coágulos


    “Os pacientes que tiveram infarto do miocárdio, em geral, recebem medicamentos antiagregantes plaquetários, como ácido acetilsalicílico (AAS), clopidogrel, ticagrelor ou prasugrel, que são utilizados para reduzir a possibilidade de formação de coágulos”, afirma o cardiologista Laércio Uemura. O objetivo é prevenir um
    novo infarto.
    Outras medicações frequentemente utilizadas em casos de infarto são as estatinas, que visam controlar a taxa de colesterol, os beta-bloqueadores, para diminuir o trabalho do coração, e quando necessário, seu médico também pode indicar remédios para controlar os fatores de risco do infarto, como a pressão alta e o diabetes.

    Não usar medicações facilita ocorrência de novos infartos


    Ao receber as recomendações médicas, você deve segui-las corretamente. Errar a dose da medicação, por exemplo, pode colocá-lo em
    risco de um novo infarto. “Especialmente nos primeiros meses, não utilizar antiagregantes plaquetários ao receber stents nas artérias coronárias pode provocar uma trombose e um novo infarto do miocárdio”, alerta o profissional.
    Além disso, é importante destacar que seu caso de infarto é diferente de outros e, portanto, a orientação quanto a atividades físicas, retorno às atividades habituais e ao trabalho deve ser individualizada. “O pós-infarto depende de uma série de fatores, como o tempo do início da dor ao atendimento recebido pelo paciente, o tipo de atendimento e a extensão da área comprometida”, diz Uemura.
    Dr. Laércio Uemura é cardiologista, formado em Medicina pela Universidade Estadual de Londrina e especialista em Medicina Intensiva. CRM-PR: 9807

    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes