De olho no estresse: entenda como a tensão e a ansiedade podem elevar a pressão arterial


  • +A
  • -A

A hipertensão é uma doença que afeta a vida de muitos brasileiros. Causada por inúmeros fatores, como a alimentação cheia de refeições gordurosas e não balanceadas e a falta de exercícios físicos, além de fatores genéticos, ela pode levar o corpo a desenvolver muitas complicações que, em alguns casos, podem ser fatais.

Problemas no trabalho, brigas em família e contas a pagar geram estresse e podem contribuir para aumentar a pressão arterial. Quando isso acontece, o organismo se prepara para uma verdadeira batalha. Ele libera hormônios, como a adrenalina, na corrente sanguínea, que chegam ao cérebro e aos músculos. O corpo permanece em estado de alerta, pronto para uma situação de perigo.

Tensão e ansiedade permanentes: estresse crônico

Depois de um tempo, tudo volta às condições normais. O problema é quando o organismo é exposto constantemente a essas situações e chega o estado de estresse crônico, que é contínuo e prolongado. “A tensão e a ansiedade permanentes estimulam centros cerebrais, cuja resposta conduz à contração dos vasos sanguíneos, elevando a pressão arterial”, explica o cardiologista José Antonio Franchini Ramires.

Pessoas com empregos estressantes e ritmo de vida acelerado têm mais chances de sofrer com problemas decorrentes da hipertensão, como um infarto ou um acidente vascular cerebral, conhecido pela sigla AVC. “Isso foi comprovado em motoristas de caminhão, que precisam cumprir horário para entregas em locais de muito tráfego”, conta o cardiologista.

Uma vida mais tranquila

O estresse produz ainda outros efeitos negativos. Problemas de concentração, baixo apetite sexual, baixa imunidade e irritação constante são alguns deles. Segundo Ramires, para tratar do problema é preciso ir direto à raiz: eliminar as causas do estresse, trocando de emprego ou se mudando para uma cidade mais calma, por exemplo.

Para os hipertensos, a saída também passa por um controle rígido da pressão arterial, com visitas frequentes ao médico e a prática de atividades físicas. O cardiologista ainda chama atenção para o consumo exagerado de sal. “A necessidade de sal diária é de cerca de 2 a 4 gramas ao dia, somando tudo que se comer com sal, desde a manhã até a hora de dormir”, alerta o médico.
Dr.José Antonio Franchini Ramires é cardiologista, formado pela USP e atua em São Paulo. CRM-SP: 17977

TAGS
cardiovascular
estresse
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

17 comentários para "De olho no estresse: entenda como a tensão e a ansiedade podem elevar a pressão arterial"

Adalberto

Sou ipertenso não posso ficar nervoso ou ansioso que minha pressão sobe muito rápido, o que fazer

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Adalberto, realize uma consulta com o médico cardiologista para que ele possa prescrever o tratamento indicado para o seu caso. Abraços.

Ningindaya

Estou com ansiedade. E minha pressao sobe demais tomo losartana 50mg de manhã e 25mg a noite. Faz 2 dias e ainda nao melhorou. Como posso conttolar minha pressão alta.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Ningindaya, retorne em consulta com o médico que prescreveu o medicamento e relate estes sintomas; assim ele poderá avaliar se há necessidade de manutenção no tratamento prescrito. Abraços.

Marcio

Dr tem tramento para stress.pois estou sofrendo muito com isso hoje minha pressão go 16 11 deu o que tá de para o médico controla

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Marcio, neste caso você pode procurar o auxílio de um psiquiatra ou psicólogo, que poderão te ajudar a eliminar os seus sintomas. Abraços.

Gracielma

Minha pressao e muito alta essa maa nao tinha nenhum sintoma maa a semana passada a pressao ficou em 23 17 e sentir falta de ar tontura e batimentos cardiacos avancados .. tomo losartana maa nao controla o q fazer

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Gracielma, é necessário que você realize uma consulta com o seu cardiologista e relate o ocorrido para que ele possa identificar o que está ocasionando este sintoma e te indique o tratamento adequado. Melhoras.

Minervino Serval

Olá. Tenho 38 anos. Até o início de 2018 eu não tinha pressão alta. De um mês para cá, quando passo por estresse emocional (problemas no relacionamento amoroso), começa um zumbido no ouvido e um peso na nuca. Quando vou aferir, a pressão sempre chega a 15 por 8. A pergunta é: é normal apresentar pressão alta na minha idade?

Izaias Rodrigues de Oliveira

Eu sou ipertenso não consigo controlar a minha ansiedade e o meu nervosismo . A minha pressão sobre quando estou nervoso o que fazer?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Izaias, neste caso é preciso ir direto à raiz do problema. Tente evitar situações de estresse, e procure hábitos de vida mais saudáveis. Abraços.

Maria das Graças

Sou aposentada, mas sofro de muito estresse causado por problemas familiares e cuidados com pai idoso. sou hipertensa e tomo losartana. Controla, mas diante de ansiedade extrema e aumento do estresse, sobe repentinamente fico com dor de cabeça, zumbido(que é contínuo) e taquicardia. Sinto muita fadiga e não consigo ir ao Pilates. Os ansioliticos causam muitos efeitos colaterais e preciso dirigir. O que posso fazer?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Maria das Graças, relate estes sintomas para o médico que está te acompanhando, assim ele poderá realizar a manutenção necessária no tratamento. Abraços.

wanfrim

Tomo todos os dias Lotar 100, de uns tempos para cá emu nariz começou a sangrar qual será o motivo?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Wanfrim, os pacientes cadastrados no medicamento Lotar possuem um benefício a mais, um acompanhamento de enfermeiros 24h via telefone para esclarecimento de dúvidas sobre saúde, doenças e tratamento. Você pode contatá-los através do número 0300 118 1006 para verificar informações e tirar dúvidas a respeito do tratamento com o medicamento Lotar. Abraços.

gilson

Gostaria de saber o seguinte: meu vizinho tem brigas frequentes com a esposa. Ela o tem acusado de ter causado nela um problema de hipertensão arterial que vem se verificando por mais de uma semana, pois ele seria o causador do estresse que ela sofre e que, por sua vez, causa a elevação na pressão arterial.Até que ponto ela está certa?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Gilson, a hipertensão pode ser causada por inúmeros fatores e o estresse pode contribuir para aumentar a pressão arterial, pois situações frequentes de estresse deixam o corpo constantemente em um estado de alerta, graças à liberação de hormônios, como a adrenalina. O resultado dessa descarga hormonal é uma maior contração das paredes dos vasos sanguíneos que contribui para que a pressão arterial continue aumentando. É importante que sua vizinha faça uma avaliação com o médico especialista. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.