Esquecer de tomar o medicamento para endometriose pode ser perigoso?

  • +A
  • -A

Para as mulheres que fazem o tratamento com o uso de medicamento, é importante que seja feito conforme recomendação médica, pois a eficácia pode ser diminuída em casos de esquecimento, apesar disso, caso aconteça, é preciso tomar apenas 1 comprimido assim que se lembrar (independente de quantos dias tenha ficado sem) e no dia seguinte voltar a tomar no horário habitual.

Como o tratamento pode ajudar na rotina diária?

Como mencionado anteriormente, o processo inflamatório provoca sinais e sintomas que podem interferir negativamente na qualidade de vida da mulher, debilitando e incapacitando a realização das atividades diárias e habituais. Deste modo, para que a mulher diagnosticada com endometriose possa seguir uma vida normal, sem impactos físicos e emocionais, é fundamental que o tratamento proposto pelo médico responsável seja realizado criteriosamente.

Mulheres com endometriose sofrem o impacto da doença em suas vidas pessoais, sociais e até mesmo profissionais e financeiras, portanto, reconhecer a importância do tratamento e emprega-lo corretamente é passo indispensável para minimizar os impactos negativos da doença e melhorar a qualidade de vida da mulher.

Se você possui endometriose e está sofrendo com esta doença, não deixe de buscar por avaliação médica para iniciar o tratamento mais adequado o quanto antes. Se você desconfia possuir endometriose, não espere pela piora dos sinais e sintomas. Agende uma avaliação médica, preferencialmente com ginecologista, para investigação.

Lembre-se que a endometriose, além dos sinais e sintomas desconfortáveis que provoca, também pode levar à infertilidade (condição presente em 40% dos casos) e ao surgimento de câncer de ovário (condição rara, porém possível).

REFERÊNCIAS
1- Biblioteca Virtual em Saúde. Endometriose [online]. Dicas em saúde, 2012. [Acesso em:
20/10/2017]. Disponível em:
http://bvsms.saude.gov.br/bvs/dicas/250_endometriose.html
2- Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Endometriose [online]. Saúde e economia, v. 7, n. 11, 2014. [Acesso em: 20/10/2017]. Disponível em:
http://portal.anvisa.gov.br/documents/33884/412285/Boletim+Sa%C3%BAde+e+Economia+n%C2%BA+11/de6e4348-4793-477a-8371-357fa6b3f0f1
3- Barcellos J. Endometriose [online]. Sociedade Brasileira para Estudo da Dor. [Acesso em 23/02/2018]. Disponível em:
http://www.sbed.org.br/lermais_materias.php?cd_materias=4912
4- Podgaec S. Manual de endometriose [online]. Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), 2014. [Acesso em: 23/02/2018]. Disponível em:
http://professor.pucgoias.edu.br/SiteDocente/admin/arquivosUpload/13162/material/Manual%20Endometriose%202015.pdf
5- Laboratório Ache. Kalist [online]. Bula Ache. [Acesso em: 20/02/2018]. Disponível em:
http://www.ache.com.br/arquivos/BULA%20KALIST.pdf

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Central Saudável Saber

Central Saudável Saber

Clínica Médica

CRM: /

TAGS
endometriose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

1 comentário para "Esquecer de tomar o medicamento para endometriose pode ser perigoso?"

Janaina Ferreira

Esse medicamento está me ajudando muito contra a endometriose, já mãos sinto as dores que eu tanto sentia. Porém, está me dando uma reação super desagradável; minha pele de porcelana deu espaço para a acne 🙁 e queda de cabelos bem significativa. Mas do mais, sou grata ao Kalist! 🙂

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.