O que fazer para me acalmar durante uma crise de ansiedade?


  • +A
  • -A
Imagem do post O que fazer para me acalmar durante uma crise de ansiedade?

Quem já teve uma crise de ansiedade conhece bem os sintomas: mãos suando, coração acelerado, náuseas e tremores… E, depois que eles começam, pode ser difícil se acalmar e esperar o ataque passar, principalmente se a pessoa estiver em um ambiente público, na rua ou trabalho. Mas existem algumas técnicas que especialistas recomendam para tentar ajudar a manter a calma nesse momento e aguardar a crise ir embora.

Respirar calmamente é fundamental

Uma das primeiras sensações pode ser a falta de ar ou hiperventilação. Então, respirar fundo, inspirando pelo nariz e soltando o ar pela boca pode ser fundamental para ajudar na hora. Existem técnicas mais recomendadas, como respirar devagar utilizando o diafragma, segurando a respiração por alguns segundos e sentindo o abdômen subir e descer durante o processo. “É importante prestar atenção à respiração durante a crise porque ela realmente pode ajudar a acalmar”, explica o psiquiatra Gustavo Cahú.

Técnicas de distração podem ajudar a não focar na crise

Evitar ter pensamentos negativos e ficar focado na crise também é essencial. É a chamada distração cognitiva. Existem algumas formas mais conhecidas, mas qualquer pensamento que conforte a pessoa na hora é adequado. É possível contar de 100 a 1 pelos números ímpares, em outra língua que conheça, cantar a letra de uma música que goste ou pensar em todas as pessoas que conheça com o nome começando por uma letra do alfabeto. O ideal continuar fazendo essas distrações diversas vezes até se acalmar um pouco. “Essas técnicas funcionam mais como uma distração para o cérebro da pessoa, fazendo ela pensar em outra coisa que não a crise e, com isso, consiga passar melhor pelo ataque até ele diminuir os efeitos”, completa Gustavo.

Tentar sair daquele ambiente em que se está, mesmo que de forma imaginativa e pensar em um local que se sinta em paz e relaxado, que dê conforto e segurança, também pode ajudar. Fechar os olhos e adicionar cada vez mais detalhes à cena, tentando focar toda a mente nessa atividade, é outra alternativa.

Conseguir a ajuda de um amigo, conversar, ouvir música, fazer exercício ou uma outra atividade no momento, tomar um banho quente, evitar cafeína e procurar a ajuda de um médico especializado também são indicados para os momentos de crises de ansiedade.

Gustavo Cahú é psiquiatra. CRM: RJ 5273633-3

TAGS
ansiedade
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

24 comentários para "O que fazer para me acalmar durante uma crise de ansiedade?"

Valéria

Boa tarde, meu filho de 18 anos, tem essas crises e esses sintomas são msm realidade…Mas não consigo controla-lo .somente fazendo esses exercícios respiratórios.

Flavia

Além do controle da respiração eu tomo metade de um alprazolam que resolve

Luciana Jaques

Eu tive uma crise dessa no domingo dia 10/09/17 foi horrível parecia a ia morrer dores no peito,falta de ar,ânsia de vomito,tremores e coração acelerado! Fui parar no hospital tive q ficar no oxigênio e tomar diazepam foi o q me acalmou no momento

simone

eu ando dando crises todos os dias umas mas forte que a outra mao quero mas senti isso me DE um negócio ruim na minha cabecamal estar sensação horrivle alguma ai se tiver me sjude

Carlos Henrique

Já faz quase um ano que sofro com a ansiedade. Aperto na garganta, mal estar e coração acelerado são os principais sintomas.O que devo fazer para me livrar da ansiedade?

Gorete

tenho depressão gostaria de um remédio que curase tomo clonazepam e sertralina

Tatiana

Tenho estás crises,agora estou me tratando com psicológico e psiquiatra o que tem me ajudado bastante mas não é nada fácil é uma luta diária

Marcia

Minha filha tem síndrome do pânico e ansiedade Generalizada, toma paroxetina, alprazolan, stelazine, quetiapina e fernegan, mesmo assim continua tendo crises, já está em tratamento à mais de seis meses, o que eu faço?

Cuidados Pela Vida

Oi Simone, o tratamento ideal para esta ansiedade patológica deve ser guiado no intuito de reduzir as sensações angustiantes de um paciente até que ele possa voltar a viver uma vida normal no dia a dia. Orientamos a realizar uma consulta com um médico especialista para que ele possa indicar o tratamento ideal para o seu caso. Melhoras.

Cuidados Pela Vida

Oi Carlos, quando um paciente é diagnosticado com ansiedade, é possível que o transtorno seja tratado apenas com psicoterapia, ou seja, com o acompanhamento de um psicólogo. A conduta deste profissional com pacientes ansiosos consiste em treiná-los para que consigam evitar ou substituir pensamentos e comportamentos ansiosos por outros mais saudáveis. Orientamos você a realizar uma consulta com o profissional habilitado para que ele possa prescrever o tratamento adequado para o seu caso. Abraços.

Herbenia

Eu tbm sinto essas crises,passei um tempo sem sentir e agora voltou,e normal sentir dormência ou formigamento no braço e na perna esquerda????Pq antes eu não sentia mais agora estou sentindo.

Viviane

Tem uns 5 meses que venho sentindo uma crise atrás da outra, quando eu ando de pressa ou fico em estado de estresse, logo vem a crise e eu penso que vou morrer. Agora estou tomando clonazepam é o único que acaba com os sintomas. Será que o meu problema é mesmo ansiedade Doutor me ajude por favor.

Cuidados Pela Vida

Oi Herbenia, a psiquiatra Ana Cláudia Ducati explica: “Dentre os sintomas da ansiedade, podemos citar dor de cabeça, perspiração, palpitações, aperto no peito, dor ou leve desconforto estomacal, inquietação (indicada por uma incapacidade de ficar sentado ou em pé por muito tempo), hesitação e urgência em urinar. É importante ressaltar que a gama dos sintomas ansiosos tende a variar entre as pessoas”. É realmente importante procurar ajuda médica nessas horas. Melhoras.

Cuidados Pela Vida

Oi Viviane,é complicado diagnosticá-la apenas com essas informações. É necessário realizar avaliação com o médico especialista para que ele possa realizar o diagnóstico e, caso seja necessário, prescrever um tratamento. Abraços.

Kariny

Boa tarde! Faz quase 2 meses que tenho essas crises, hoje em dia eu sinto um grande cansaço nas pernas, só tenho vontade de ficar deitada e se eu subir mais 4 degraus já fuco mega cansada… Quando eu fico muito nervosa eu vomito, tenho algumas ânsias e palpitações.. Já fui no clinico geral e fiz alguns exames porém não deu nada, ele me disse que isso pode ser ansiedade mas não iniciei nenhum tratamento…Tudo isso pode ser mesmo um transtorno de ansiedade?

Cuidados Pela Vida

Oi Kariny, como explica a psiquiatra Ana Cláudia Ducati “Dentre os sintomas da ansiedade, podemos citar dor de cabeça, palpitações, aperto no peito, dor ou leve desconforto estomacal, inquietação (indicada por uma incapacidade de ficar sentado ou em pé por muito tempo), hesitação e urgência em urinar. É importante ressaltar que a gama dos sintomas ansiosos tende a variar entre as pessoas”. Ao realizar uma consulta com o médico especialista, relate os sintomas que você tem para que ele verifique de forma eles podem ser amenizados. Abraços.

Dani

Tenho crises desde ano passado.. a minha e ansiedade e fundo emocional e extress… minhas crises começam com dores nas costas e dor no peito e falta de ar. suador. tremedeira… ansia de vomito . e sensacao de desmaio.. e um.no na gartanta parece que vou morrer…. Só Deus pra me ajudar.. odeio me.sentir assim… faco essa respiracao mas normalmente demora muito a.passar… alguma dica??? Boa noite..

Cuidados Pela Vida

Oi Dani, evitar ter pensamentos negativos e ficar focado na crise também é essencial. É a chamada distração cognitiva. Existem algumas formas mais conhecidas, mas qualquer pensamento que conforte a pessoa na hora é adequado. É possível contar de 100 a 1 pelos números ímpares, em outra língua que conheça, cantar a letra de uma música que goste. Conseguir a ajuda de um amigo, conversar, ouvir música, fazer exercício ou uma outra atividade no momento, tomar um banho quente, evitar cafeína e procurar a ajuda de um médico especializado também são indicados para os momentos de crises de ansiedade. Abraços.

Solange passos

Oi dr preciso de uma ajuda pois tomo exudos três ano e sempre fico com crise de ficar enjoada com ânsia tosse e nao tenho vontade de sair sempre que fico assim a medica aumenta a dose do remédio isso e assim mesmo vc nunca livre fica livre dessas crises abraço

Cuidados Pela Vida

Olá Solange, os pacientes cadastrados no medicamento Exodus possuem um benefício a mais, um acompanhamento de enfermeiros 24h via telefone para esclarecimento de dúvidas sobre saúde, doenças e tratamento. Você pode contatá-los através do número 0300 118 1006 para verificar informações e tirar dúvidas a respeito do tratamento com o medicamento Exodus. Abraços.

Wellington Luiz

Acho que tenho esse problema de ansiedade sempre sinto essas coisas, calafrios, coração acelerado, suando, falta de ar, aperto no peito e o corpo tremendo, e umas sensações ruins na cabeça, pensamentos ruins, fico impaciente com isso não sei exatamente o que fazer, nessa madrugada senti através de uma dor que senti nas partes intimas, foi horrível pensei que ia morrer tomei água com açucar e um calmante pra falar a verdade fui melhorando quando amanheceu o dia e depois que tirei um cochilo, mas teve outros dia que a sensação foi pior. No dia 7 de setembro 2017 sentir vontade de tirar minha própria vida sentindo sensações ruins e em outros casos já me imaginei pulando da sacada do apartamento de um amigo, sinto muito medo com tudo isso, alguém poderia me ajudar como resolver isso, tenho 39 anos hoje em dia tive que voltar a morar com minha ex mulher porque morava sozinho sem ter alguém pra conversar fora que passava noites com insônias e essas sensações sem ter alguém por perto é muito crítico e desconfortante. Procuro ler ou ouvir músicas e até rezar mas no meu caso parece que nada que eu faça faz com que eu fique calmo, fico mais tenso, impaciente, preciso de ajuda com urgência.

Magda

Ola! Faço tratamento a 12 anos.Por um bom tempo minha ansiedade ficou bem controlada, mas ultimamente venho tendo crises contante… ontem tive uma q nao qria mais acabar, fui ao pronto socorro e me deram diazepam. Mas ainda assim fica ameaçando novas crises.

Cuidados Pela Vida

Oi Wellington, é importante querer buscar ajuda para tratar o problema. Realize uma consulta com um psiquiatra ou psicólogo para que possa receber o tratamento adequado para o seu caso. Abraços.

Cuidados Pela Vida

Oi Magda, verifique com o médico que a acompanha se há necessidade de manutenção no tratamento prescrito por ele. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.