Melasmas, sardas e etc: Entenda mais sobre os diferentes tipos de manchas que podem aparecer na pele


  • +A
  • -A

É sabido que a exposição excessiva ao sol sem a devida proteção pode causar inúmeros danos ao rosto e corpo. Alguns desses danos são os melasmas, manchas escuras que podem aparecer de repente e principalmente em mulheres, inclusive pelo uso de anticoncepcionais e gravidez. Além disso, ainda existem as sardas, que costumam aparecer na adolescência e muitas pessoas consideram inclusive um charme. Descubra mais as diferenças e como tratar as manchas na pele.

O que são melasmas?

As melasmas são alterações da cor da pele, em que há produção excessiva de melanina em algumas áreas expostas à luz do sol e a luzes artificiais. Elas surgem como pequenas manchas acastanhadas, principalmente no rosto (testa e maçãs do rosto são os locais mais acometidos), sem dor, coceira ou outros sintomas. “O melasma é recorrente, ou seja, podemos clarear ele completamente, mas ele pode voltar a aparecer, inclusive de forma mais escura, caso não seja usado filtro solar de forma adequada quando houver exposição solar ou se algum produto irritar a pele”, explica a dermatologista Tatiana Matos.

As manchas são mais comuns em áreas fotoexpostas, ou seja áreas de pele onde não há. em geral, proteção de roupas. Um bom filtro solar é condição fundamental para o tratamento do melasma. Para clareamento de uso local são indicados produtos como a hidroquinona, ácido retinoico, antioxidantes, entre outros. “Alguns tratamentos também utilizados incluem peelings químicos, microdermoabrasão, luz intensa pulsada, laser e, mais recentemente, está sendo muito utilizado o microagulhamento com drug delivery (colocação de certos ativos clareadores após procedimento)”, complementa Tatiana.

Manchas na pele durante a gravidez

As manchas que aparecem na pele durante a gravidez são melasmas, mas costumavam ser conhecidos como cloasma ou cloasma gravídico. Como durante a gravidez poucos produtos podem ser usados, impedindo o tratamento de forma ativa. Por isso, para impedir o agravamento do quadro, é sempre indicada a prevenção com filtros solares adequados para o tipo de pele da gestante.

Sardas: mais tranquilas, porém não menos inocentes

Já as sardas são um pouco mais inofensivas e incomodam menos, mas nem por isso deve-se descuidar de sua proteção. Também chamadas de efélides, são manchas castanho-claras ou escuras, que surgem na infância ou adolescência após a exposição ao sol e principalmente se houver queimadura na pele. No inverno, quando a exposição solar diminui, elas clareiam naturalmente, mas também podem ser tratadas com clareadores tópicos ou luz intensa pulsada e peelings químicos.

Para evitar que qualquer um desses três tipos de manchas na pele surjam é necessário usar filtro solar de alta proteção diariamente, já que a luz artificial também mancha a pele; se expor ao sol em horários quando a incidência de radiação solar é menor e sempre acompanhado de chapéu com aba, barraca de praia e camisetas. “É possível sumir com os melasmas e cloasmas, mas exige disciplina para toda a vida! Costumo dizer que o difícil não é clarear o melasma e sim manter-se sem ele!”, finaliza a dermatologista.

 

Dra. Tatiana Matos é dermatologista. CRM BA 16601

TAGS
manchas-na-pele
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Melasmas, sardas e etc: Entenda mais sobre os diferentes tipos de manchas que podem aparecer na pele"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.